Blogroll

12 de set de 2008

A batalha do Olimpo

A ironia pousou no recinto, pareciam duas crianças. Resolveram isolar à terceira da brincadeira e começaram a trocar farpas. A candidata parecia um corpo estranho entre os que se achavam Deuses do Olimpo.

Um dos Deuses com seu problema de dicção não se importou em responder as perguntas feitas, e sim lançar raios contra o adversário. O outro Deus agia sempre de forma irônica, caso não ganhe, tem emprego certo como comediante.

Os Deuses não podem sair sem suas comitivas. À de um deles composta por uma família “tradicional”, ou pelo menos se acham. Família esta, que quase acabou, se é que não acabou com o Olimpo (leia-se União). Um de seus membros decepcionou inúmeros eleitores, isso reflete negativamente para o Deus apoiado por ele.

O outro Deus tem sua comitiva formada pela “elite” da avenida mais famosa do Olimpo. É o mesmo grupinho fechado, onde cada um tem suas funções, é fácil perceber. Os playboys locais, sentem-se seguros ao apoiá-lo, dessa forma podem aprontar mais um pouco, pois sabem que tem um porto seguro.

O corpo estranho, coitada. Sua comitiva se resume há alguns gatos pingados desconhecidos. Seu prestígio é praticamente zero, tornou-se conhecida de uns tempos pra cá e já quer posar de Deusa. Não digo que ela não seja capaz, mas a evolução é demorada.

Mais uma vez o Olimpo está à espera de mais um Deus, infelizmente a comitiva vêm a tiracolo.

PS: Poderia usar como cenário um circo, resolvi dar uma moralzinha a eles.

Dallas Diego

1 Deixe seu comentário:

Não sou eleitora de União, mas está difícil escolher em quem votar aqui em Maceió também.

Boa sorte na escolha, mesmo que seja nula.