Blogroll

19 de set de 2008

Olimpíadas para Olimpíadas

Alguém sabe informar quantos ouros o Brasil ganhou nas Paraolimpíadas? E a colocação da equipe brasileira? Pois é! A população democrata e acolhedora do Brasil só se importa com os pequenos bronzes “sadios” obtidos há pouco tempo, mas são estúpidos em não enxergar a 9º colocação histórica do Brasil no quadro geral das Paraolimpíadas, conseguindo 16 medalhas de ouro.

A mídia, em ritmo de Olimpíadas, com suas equipes gigantescas, cobriram até disputas nos banheiros de Pequim, mas retiraram 90% de suas equipes na outra etapa dos jogos.


Todos nós sabemos que o nadador americano Michael Phelps ganhou oito ouros e se consagrou o maior atleta olímpico de todos os tempos, mas poucos sabem que o nosso Daniel Dias conquistou nove medalhas, sendo quatro delas de ouro, bateu três recordes mundiais e não deixou de ir ao pódio em nenhuma prova que disputou, tudo isso em sua primeira Paraolimpíada.


Pergunto eu novamente, alguém viu isso incessantemente na mídia? Em tempos de Olimpíadas as notícias transbordavam com nossos bronzes!


Claro que são “mundos” diferentes, mas cabe a nós, que nos intitulamos todas as horas de não preconceituosos, valorizar quem realmente merece.

Carlyson Geijine

4 Deixe seu comentário:

Claro! Não estou tendo como assistir tv... mas nem mesmo em sites como o msn.com.br ou o bbcbrasil.com.br estão sendo anunciados de maneira "igual" os resultados e a participação brasileiras nas Paraolimpídas.

Wenndell A.

Pois é... cadê os revoltados com o desempenho dos "atletas" brasileiros??

Um ponto para o texto! ^^

Muito honrosa a observação quanto ao assunto. É triste ver que, infelizmente, parece sim que o fato de os "mundos" serem diferentes, o peso que a mídia conserva sobre eles acaba sendo diferente também.

Tamanho de divulgação é relevante. Mas só o fato de nos expressarmos em parabenização aos esportistas, que realmente mereceram, dá-nos um grande êxito em comparação àqueles que pouco falaram a respeito.

VIva os ouros, bronzes, pratas e a singela participação dos paraolímpicos! Se eles são diferentes, até podem ser, mas que, com certeza, FIZERAM a diferença.

E os alagoanos que ganham medalhas lá na China? Maravilha.