Blogroll

10 de nov de 2008

ÚLTIMAS

Uneal abre inscrição para concurso

Estão sendo ofertadas 192 vagas para cargos de nível superior, médio e fundamental na Universidade Estadual de Alagoas (Uneal). Nesta terça-feira, será aberto o calendário de inscrições para o concurso público para a seleção dos novos servidores.

Período de Inscrição: de 11/11/2008 a 05/12/2008
Local de Inscrição: Via Internet
Taxa de Inscrição: R$ 30,00 (fundamental) / R$ 40,00 (médio) / R$ 80,00 (superior)

Remuneração: R$ 415,00 (fundamental) / R$ 682,66 (médio) / R$ 2.706,11 (superior)

Data das Provas: 11/01/2009
Data de Divulgação do Resultado: 11/02/2009

De acordo com o presidente da comissão organizadora do concurso, professor Gilson Sales de Albuquerque, a Uneal está ofertando as 192 vagas nos campi instalados nas cidades de Arapiraca, Santana do Ipanema, Palmeira dos Índios, São Miguel dos Campos e União dos Palmares.

Mais informações sobre o concurso, poderão ser obtidas por meio de consulta aos sites: www.uneal.edu.br, e www.fundepes.br.

Para baixar o EDITAL, clique aqui.

***

Secretário Osvaldo Viégas apresenta projetos de políticas públicas para cultura

Durante uma reunião do Conselho Estadual de Cultura, no dia 07, Osvaldo Viégas, secretário de Estado da Cultura, apresentou os projetos que estão em apreciação no Ministério de Cultura e na bancada federal do Estado.

Para Osvaldo Viégas, a reunião do Conselho foi especial porque, além de homenagear os ex-secretários que contribuíram com cultura no Estado, também celebrou o Dia Nacional da Cultura, dia 5, que mobilizou em Brasília a Frente Parlamentar, o Fórum, o Conselho e o Ministério da Cultura para solicitar mais investimentos no setor através da aprovação da emenda constitucional “PEC 150”.

A emenda visa vincular 2% do orçamento da União, 1,5% do Estado e 0,5% dos municípios para a cultura. “Esse projeto é de interesse do setor, como também é a proposta de revisão da Lei Rouanet, que usa recursos da União e fiscais para a cultura, porém concentrados apenas no eixo Rio-São Paulo. Já existe um debate de rever a forma de operalização da lei para que haja uma distribuição regional mais adequada e eqüitativa”, disse Viégas

O secretário destacou que uma das prioridades da pasta é o acesso aos bens culturais e citou o exemplo do Museu Palácio Floriano Peixoto, que no ano passado recebeu 2.392 visitas e até outubro deste ano já são mais de 9 mil. “Preparamos o Caderno de Oportunidades de Investimentos no Setor Cultural de Alagoas com 17 projetos culturais e, agora, busca parceiros para investir no bem cultural do Estado”, disse Viégas.

O ex-secretário Diógenes Tenório elogiou a iniciativa da Secult em resgatar a memória alagoana e também citou o jornalista Noaldo Dantas (primeiro secretário da Cultura do Estado) e o professor e folclorista Ranilson França como grandes nomes que deixaram um grande legado cultural para o Estado.

Projetos — Viégas fez um balanço dos projetos que estão apreciação no Ministério da Cultura, a exemplo da restauração do Arcebispado de Maceió (estimado em R$ 1,1 milhão), da Catedral Diocesana de Penedo (R$ 370 mil), da Igreja dos Martírios (R$ 350 mil), da recuperação da coberta do Palacete Barão de Jaraguá (R$ 100 mil). Criação da escola arquidiocesana de artes e ofícios (R$ 1,1 milhão), projeto Caravana Cultural (R$ 100 mil) e restauração e modernização da Biblioteca Pública (R$ 3,1milhão).

As propostas para emendas parlamentares em 2009 são a Caravana Cultural (R$ 500 mil), restauração da Biblioteca (R$ 1,1 milhão), restauração do Palácio Floriano Peixoto e Instalações Museográficas (R$ 4.5milhão), instalação museográfica do Misa (R$ 600 mil), restauração do Teatro Deodoro (R$ 1,5 milhão), restauração da Igreja Nossa Senhora do Ó — Ipioca (R$ 300.mil), azulejaria das torres da Catedral Metropolitana de Maceió (R$ 800mil), restauração e instalação de museu — antiga cadeira de Porto de Pedras (R$ 1,3 milhão), restauração e instalação de Centro Cultural na Cadeia Pública de Mata Grande (R$ 900 mil), Memorial Lêdo Ivo da Literatura Alagoana Literatura Alagoana (R$ 600mil), educação patrimonial (R$ 224.600), Antiga Vila Lessa — Penedo — (R$ 500mil), Igreja São José — Poxim (R$ 250mil) e Encontro de Bandas de Música de Alagoas — Marechal Deodoro (R$ 150 mil).

Redação TM

0 Deixe seu comentário: