Blogroll

9 de nov de 2008

Fisioterapia: Pilates

Joseph Hubertus Pilates nasceu em 1880 na Alemanha, perto de Dusseldorf, em uma pequena vila denominada Mönchengladbach, no seio de uma família de classe média. Na infância, sua saúde foi frágil, sofreu de asma, bronquite, raquitismo e febre reumática. Quando era adolescente, limpava o jardim de um vizinho que possuía uma biblioteca, em troca de desfrutar dela. Devido a uma saúde fraca na infância e à sede de conhecimentos, tornou-se autodidata aprofundando seus conhecimentos em anatomia, física, biologia, fisiologia e medicina tradicional chinesa.

O Método que ele criou teve influência desde o yoga, artes marciais ao estudo do movimento dos animais. O método pode ser usado em diversas áreas como pediatria, geriatria, gestantes, incontinência urinária e amputados, ou simplesmente por pessoas que querem se exercitar, sem nenhuma patologia de base.

As aulas podem ser individuais ou em grupo. É uma ótima alternativa para quem precisa ou gosta de fazer exercícios mas não é fã de musculação e/ou aeróbica assim como eu. Existe 3 formas de fazer Pilates, na esteira, na bola suíça e nas máquinas, todos são ótimos e trazem muitos benefícios. Você pode encontrar este método em Stúdios de Pilates ou em grandes academias.


"Em dez sessões se sente a diferença, em vinte sessões se vê a diferença e em trinta sessões o corpo está modificado" - Josef Pilates

Mariana Vital
Concluinte do Curso de Fisioterapia pela Faculdade de Alagoas.

0 Deixe seu comentário: