Blogroll

24 de dez de 2008

A IRRISÓRIA CULTURA PALMARINA ATUAL

Na última segunda-feira, dia 15, Jorge de Lima recebeu uma homenagem "de verdade": foi inaugurada a Casa do Poeta Jorge de Lima, na presença de sua filha Maria Tereza, e alguns políticos, policiais e arcebispos na Praça Sinimbú, em Maceió. Foram gastos 1 milhão para restaurar o antigo casarão e transformá-lo em Circuito Museológico... Só não entendi muito bem porque no lugar de políciais e políticos não convidaram escritores alagoanos para fazer parte da cerimônia, uma vez que política e polícia não combinam muito com arte, não acham?

Ok, Maceió é a capital do Estado e União "já tem" a Serra da Barriga. Mas e daí? Esse museu de 1 milhão deveria ter sido feito aqui, local de nascimento e de devoção de Jorge de Lima. Essa notícia não me espanta, afinal venho acompanhando de perto a fracassada política cultural de uma das mais importantes cidades do Brasil.

Desde que me considero uma pessoa, que pensa, que tem consciência da realidade - essa época coincide com a gestão de Afrânio Vergetti - que me envergonho da falta de apoio governamental para dar continuidade a cultura local. E dos Vergetti para cá, até agora, N-A-D-A mudou.

A Serra está a receber milionárias verbas federais, mas o que se percebe é apenas os desvios de verbas, já que nada sai do lugar; e suas atrações de "cultural" não tem mais nada: entretenimento de baixo nível.

A Casa do Poeta Jorge de Lima, que deveria ser um museu decente, está entregue as traças, mesmo com um convênio com a UFAL(!).

O "museu" de Maria Mariá, está abandonado, e segundo fiscais de saúde da cidade, virou um gigantesco criadouro de mosquitos que transmitem dengue.

Não existe mais cultura em União.

Opa, meus amigos!! Retiro tudo que disse!! Acabou de chegar em minhas mãos um panfleto que divulga UMA FESTA CULTURAL NA NOSSA CIDADE!!

Deem uma olhada no panfleto (imagem abaixo), confeccionado pela SECRETARIA MUNICIPAL DE TURISMO, representado pelo "sumo-sacerdote da cultura palmarina" Paulinho Sarmento.


E então? Estou reclamando de barriga cheia hein? Uma festa dessas, a altura de nossa história cultural, e eu dizendo que em União a cultura morreu com Jorge de Lima!!

Viva a nosso secretário de cultura, que não deixa nossa prestigiada cultura local morrer!! E vamos todos, levar nossos jumentos, galinhas, etc. e mostrar a todo mundo que nossa cidade tem cultura, uma cultura um tanto quanto retardada intelectualmente, mas tem!

PS.: se alguem não entendeu, eu usei uma figura de linguagem: o sarcasmo temperado com a ironia.
PS. II: Vale ressaltar que nosso secretário é também um ótimo piadista: NO MOMENTO QUE ME ENTREGAVA O PANFLETO, ELE OLHOU EM MEUS OLHOS E PERGUNTOU: VOCÊ JÁ FOI NA DO JUMENTO?
Isso é que é Secretário de Turismo!! Que Jorge de Lima não se revire na tumba.

Walter Jr.
Redator

4 Deixe seu comentário:

kkkkkkkkkkkkkkk .. ele falava tanto que o povo não dava valor para a cultura de União e ele tinha a faca e o queijo na mão e não fez nada por ela .. bom texto Walter ..

Pra quem sempre se gabou por onde passava, de ser "um divulgador e incentivador da cultura" ele anda meio atrapalhado...

Francu, com um sec. de Turismo desse naipe, não é de se espantar que União não receba turistas em época nenhuma do ano.

Lamentável este descaso com a Cultura Palmarina. Parabenizo-o pelo texto Walter.

Claudemir Leandro.

Não precisa nem comentar, o texto já diz tudo. A cidade só perdeu... e pelo visto continuará perdendo.