Blogroll

16 de fev de 2009

Admirável Brasil Novo

Dentro de uma daquelas bolas que se sacode para assim vermos com que leveza os flocos de neve pairam pelo céu: "Deus está travando guerra de travesseiros com os anjos", dizem...

Enquanto isso as pessoas parecem temperadas pelas estaçöes, passeando por seus túneis onde o tempo parece ser a única língua e que ninguém fala; as crianças de qualquer idade sabem o que é bom e sempre däo um jeito para brincar, correm livremente a passos despreocupados, adultos? Nenhum sobre a superfície.

Interesse pela diversidade é bastante evidente na culinária. Embora o convívio das mesmas diversidades, onde a missigênaçäo ainda é quase nula, tem um respeitar que se confunde com indeferença, seja pelos turbantes ostentados, pela cor da pele, dos cabelos, sotaque, religiäo, profissäo, sexo e sexualidade. Näo interessa se é punk ou "alegre" desde que näo pertube os demais...

A vida alheia só é assunto quando o alheio convida à sua mesa, luz de velas täo singelas quanto os seus 1.550 graus centigrados, as máscaras caem ao sabor de vinho ou mesmo ao som das mais variadas melodias, inclusive brasileiras!

Claro que temos aqui apenas um perfil comum a qualquer parte do mundo em maior ou menor grau. Contudo uma melhor qualidade de vida näo depende absolutamente de onde estamos, mas de como lidamos com isso.

Curiosiedades que merecem destaque:
-Brasileiro na gringa tem resfriado; gringo no Brasil tem caganeira mesmo!
-O que julgamos "chique" ou "refinado" no Brasil; lá é comum ou de mau gosto.
-Alguns brasileiros dizem querer sair de vez do país; alguns gringos também.

Luiz Oliveira Jr.
graduando em Engenharia de Pesca - UFRPE.

Luiz esteve em algumas cidades dos países nórdicos como Suécia, Dinamarca e Finlândia; visitou também a capital francesa e aqui exprime suas impressões deveras pessoais do cotidiano europeu.

0 Deixe seu comentário: