Blogroll

14 de mar de 2009

Livros/HQ: Watchmen

Quem vigia os vigilantes??

Escrita pelo britânico Alan Moore e ilustrada por Dave Gibbons (Lanterna Verde para DC Comics).

Watchmen teve sua primeira plublicação em 1986 e mais tarde em 1999 em brochura.

Os anúncios destacavam: "Quadrinho para adulto". Watchmen é considerado um marco histórico no universo dos quadrinhos e está na lista dos 100 melhores romances eleitos pela revista Time, listados desde o ano de 1923.

Por dentro da história

A história de Watchmen se passa em um "Estados Unidos Alternativo" de 1985. O país se encontra na Guerra Fria e a ponto de declarar uma guerra nuclear contra a União Soviética. Uma trama na qual heróis são uma presença real na história da humanidade, um drama de crime e aventura que apresenta temas e referências relacionadas a filosofia, ética, moral, cultura popular e de massas, história, artes e sobre tudo, ciência.

Watchmen trata de uma conspiração revelada após a investigação do assassinato de um herói aposentado, o Comediante, que atua em seus últimos anos como agente do governo. Em torno dessa história giram inúmeras tramas menores que exploram a natureza do homem e as diferentes interpretações de cada pessoa para os conflitos do bem e do mal, através do cotidiano de cada uma delas. Como indivíduos "normais", os super-heróis enfrentam problemas éticos e psicológicos, lutam contra problemas do dia-a-dia, e procuram evitar os arquétipos e super-poderes tipicamente encontrados nas figuras tradicionais do gênero.

Isso, combinado com uma adaptação inovadora de técnicas cinematográficas, o uso frequente de simbolismo, diálogos em camadas e metaficção, influenciam tanto o mundo dos quadrinhos quanto o do cinema. É um quadrinho para ser lido e relido várias vezes, chegando a um compreendimento claro nesse mesmo conceito.

Personagens principais

Rorschach - personagem enigmático, pessimista e com muita força interior, é incapaz de se relacionar normalmente com a sociedade. Projeta na luta contra o Mal seu senso de solidariedade e constrói sua própria moral. Rorschach é um psicopata às avessas, considerado o terror do submundo e um fugitivo da justiça. É ele quem move o enredo e todos os personagens desde o começo da saga, ao perceber que um complô está em andamento.

Nite Owl - ou "Coruja", Era alguém com um forte senso de dever, e que ansiava por relações mais ingênuas, onde o bem e o mal estivessem bem definidos. (Nite Owl II - um intelectual rico, solitário e retraído. Possui elementos como os do Batman. É um expert em tecnologia avançada e possui vários equipamentos especiais que usa contra o crime.)

Dr. Manhattan - o homem-deus, que vê a vida como apenas mais um fenômeno do cosmo. Dr. Manhatan era um cientista nuclear, acidentalmente desintegrado em uma experiência. Aos poucos sua força de vontade faz seus átomos se unirem novamente e volta à vida, mas de uma maneira diferente. Surge como um ser sem sentimentos, consegue ver átomos e moléculas, controla a matéria e ainda conseque ver seu próprio futuro a todo instante.

Na história se torna o grande trunfo dos Estados Unidos na área militar e tecnológica. Durante a saga Dr. Manhatan vai perdendo aos poucos sua humanidade, se tornando um ser sem sentimentos e que enxerga apenas reações químicas.

Silk Spectre I e II ou "Espectral" - Laurie é uma mulher forçada a viver à sombra do pragmatismo de sua mãe. É ex-mulher do Dr. Manhatan e mantém com ele uma certa cumplicidade.

Ozymandias - um visionário brilhante e ególatra movido por um obscuro senso de dever. Seu codinome vem de um poema de Percy Bysshe Shelley, que descreve a estátua do rei Ozymandias esquecida no deserto. É um bilionário excêntrico, considerado o homem mais inteligente do mundo. Sua inteligência é tamanha que o torna exímio atleta e lutador, consegue desviar balas pois calcula a trajetória na hora do disparo.

Comedian (Comediante) - um homem que reconhece o horror presente nas relações humanas e se refugia no humor. Para o personagem, a ironia é, em vários momentos, um reflexo amargo da percepção desse horror.

O Filme

Com a direção de Zack Snyder (300), argumento de David Hayter e Alex Tse. Zack, com sua excelente adaptação de 300 para a telona, não podia ficar de fora dessa fantástica trama de Alan Moore para o cinema. Versão mais fiél impossível. O filme já se encontra em cartaz e atrai muitos fãs e curiosos. Quem não conhece vai se surpreender com as velhas tramas que se encontram nos quadrinhos de seus tios, tias e pais. Aproveite. Chance como essa é única.

Bruno Clériston

1 Deixe seu comentário:

Q texto em Bouer!! do cara***!