Blogroll

13 de mai de 2009

MÚSICA: White Stripes

The White Stripes
Elephant, 2003


Formado em 1997 por Jack White [guitarras, vocal, piano] e Meg White [bateria, percussão, backing vocal], esse duo de Detroit prima pela simplicidade em suas músicas. Seus discos nunca demoram mais do que 3 semanas para serem gravados. Mas isso não quer dizer que eles deixem a qualidade de suas canções de lado. Muito pelo contrário.

O primeiro disco dessa banda que os críticos definiram como blues-rock de garagem, saiu em 1999 com título homônimo e logo de início chamou a atenção para si: Meg and Jack, apenas 2 pessoas faziam um som gigantesco. Valiam por uma banda completa e seus shows ao vivo tinham apenas os dois músicos e, em algumas canções, um tecladista de apoio.

Disco após discos foram angariando fãs e como já é de praxe, histórias obscuras. Até que em 2003, a dupla lança Elephant, o maior sucesso comercial da banda e também o disco que traz mais inovações musicais, garantindo a qualidade integral do álbum. Com o sucesso mundial começam a surgir as fofocas. Todos queriam saber: Meg e Jack eram irmãos, namorados, amantes? Era verdade que ele morava num castelo? Será que ele tinha assinado algum pacto com o demônio por isso só se vestem de vermelho e preto? Desde o início da banda eles mantiam segredo dos laços que os uniam.

Depois de serem bastante bombardeados com as perguntas eles revelam: são um casal divorciado, mas muito amigos. Entre uma fofocagem e outra do mainstraem, eles fingem não ligar e partem em turnê mundial, lançando hit atrás de hit, o disco vendeu mais de 15 milhões de cópias em todo o mundo, além de abocanhar os prêmios de Melhor Álbum do Ano [revistas Rolling Stone e New Musical Express], em 2004 ganharam o famigerado Grammy na categoria Melhor Álbum de Música Alternativa, além da estatueta de Melhor Música de Rock para a "Seven Nation Army".

Quando a grande indústria se curva a uma simples dupla rockeira, tem que se parar para prestar atenção. O white Stripes bebe na fonte do blues [Muddy Waters, BB King, Eric Clapton], do folk [Dylan, Creedence Cleawater Revival] e do rock garageiro setentista [Stooges, Stones, Zeppelin, Nirvana] e forma uma base sonora sólida, compassada como uma muralha sonora. O disco abre com o "pé na porta" com Seven Nation Army, rock and roll pesado que tem uma musicalidade pegajosa: duvido quem não se pegue catarolando o compasso do baixo - tum, tum-tum-tum, tum, tum. Em seguida vem um "punk and roll": Black Math que vai abrindo os tímpanos do ouvinte para apreciar a beleza da canção de Burt Bacharah I Just Don’t Know What To Do With Myself transformanda em um hard rock melancólico. Para acalmar os ânimos Meg assume o microfone em In The Cold, Cold Night, canção delicada como a aparência da moça composta apenas de guitarra, baixo, voz e percussão. Jack resolve mostrar seu dom no piano no próximo bloco do álbum; destaque para I Want To Be With The Boy e You’ve Got Her In Your Pocket. É chegada a hora da melhor música do disco na minha opnião: The Hardest Button To Button - sem falar no clipe sensacional que completa perfeitamente a música - pra quem curte edição de imagens, esse clipe é uma aula. Depois é só aumentar o som terminar de degustar as outras ótimas canções. Chega de papo, acesse nosso HD Moderno e baixe.

Lista de músicas:

01. Seven Nation Army
02. Black Math
03. There’s No Home For You Here
04. I Just Don’t Know What To Do With Myself
05. In The Cold, Cold Night
06. I Want To Be With The Boy
07. You’ve Got Her In Your Pocket
08. Ball and Biscuit
09. The Hardest Button To Button
10. Little Acorns
11. Hyptnotize
12. The Air Near My Fingers
13. Girl, You Have No Faith In Medicine
14. Well It’s True That We Love One Another

Walter Jr

0 Deixe seu comentário: