Blogroll

7 de jul de 2009

FLIP 2009

A Festa Literária Internacional de Paraty – FLIP, teve sua 1ª edição em 2003, onde se tornou a caçula entre tantos outros festivais literários espalhados pelo mundo. Em um curto período ficou conhecida como uma das melhores festas literárias internacionais, pela qualidade dos seus convidados, nacionais e internacionais.

A cada ano a FLIP homenageia grandes autores brasileiros. Em sua 1ª edição no ano de 2003, o homenageado foi Vinicius de Moraes, que neste dia 9 de julho completam 29 anos de sua morte. Guimarães Rosa veio a ser homenageado no ano seguinte. Em 2005 foi a vez de Clarice Lispector, o baiano Jorge Amado em 2006. No ano de 2007 o jornalista e dramaturgo Nelson Rodrigues recebeu as merecidas homenagens. Não poderiam deixar de homenagear no ano do centenário de sua morte o grande escritor carioca Machado de Assis em 2008.

Em 2009 na sua 7º edição que iniciou em 01/07 e teve seu fim em 05/07, o homenageado foi o poeta pernambucano Manuel Bandeira (1886-1968). O evento contou com alguns shows, sendo um deles da cantora Adriana Calcanhoto. Na programação aconteceram algumas mesas. No 3º dia da FLIP, a mesa das 19h denominada Sequências Brasileiras, contou com a presença do Cantor/Autor/ Compositor Chico Buarque, onde os ingressos esgotaram em 30 minutos. Chico, leu alguns trechos do seu mais recente trabalho: Leite Derramado.

No domingo (05/07) a FLIP terminou com a tradicional leitura de trechos dos livros favoritos dos participantes da sétima edição da Festa Literária Internacional de Paraty, maior evento literário do país. Segundo a organização, 25 mil pessoas assistiram às mesas no auditório principal e no telão instalado, além da programação paralela e dos eventos voltados para crianças e adolescentes.

Texto postado por Dallas Diego no blog Livros, música e tal.

0 Deixe seu comentário: