Blogroll

11 de set de 2009

MÚSICA: Yann Tiersen

Guillaume Yann Tiersen é um músico de vanguarda, multinstrumentista e compositor francês de origem judaica.

O Fabuloso Destino de Amélie Poulain e Adeus, Lênin! são dois filmes que estão no currículo de trilhas sonoras de Yann Tiersen. A vida sonhada dos anjos, de Erick Zonca, Alice e Martin, de André Téchiné e O que a Lua Revela, de Christine Carrière, são exemplos de outros trabalhos menos conhecidos em se tratando de trilha sonora desse multinstrumentista francês.

Em suas trilhas percebe-se a prevalência de três instrumentos: piano, acordeão (sanfona) e violino. Sua música por vezes se limita ao minimalismo. Outras vezes é algo soturno ou arrebatador.

Yann Tiersen tem formação clássica na música. Quando novo, estudou violino, piano e regência orquestral. Já adulto migrou para o rock, passando por várias bandas nos anos 80 até começar a escrever trilhas sonoras para peças de teatro e para filmes.

Entre seus trabalhos fora do mundo cinematográfico, o álbum On Tour, de 2006 chama atenção. Diferentemente do que vinha fazendo, com primazia clássica, claro que com a criação de personalidade, em On Tour, Yann surpreende, sem deixar de lado a questão instrumental, apresentando composições baseadas em guitarras. Gravado ao vivo, On Tour vai do rock ao hip-hop, mostrando, ainda, visível influência de nomes como Joy Division e Nick Cave. Os outros álbuns de Yann Tiersen são: La Valse des Monstres (1995); Rue des Cascades (1996); Le Phare (1998); Tout este Calme (1999); L´absente (2001); Les Retrouvailles (2005).

Visite nosso HD Moderno e veja o que preparamos lá sobre Yann Tiersen.

Postagem em contribuição e comemoração do Ano da França no Brasil.


Wenndell Amaral

0 Deixe seu comentário: