Blogroll

16 de nov de 2009

Fundação Cultural Palmares certifica 26 comunidades quilombolas em Alagoas

Entre as vinte e seis comunidades, duas são do município de Santana do Mundaú, localizado a 29 km de União dos Palmares, são as comunidades quilombolas de Jussarinha e Mariana. Certificados de reconhecimento serão entregues no próximo dia 18 em solenidade no Palácio República dos Palmares

Pela primeira vez, 26 comunidades remanescentes quilombolas receberão da Fundação Cultural Palmares seus certificados de auto-reconhecimento. O Núcleo de Gerência de Quilombolas do Instituto de Terras e Reforma Agrária de Alagoas (Iteral), juntamente com o governador Teotonio Vilela Filho e demais representantes do Governo entregarão os documentos durante solenidade no Palácio República dos Palmares.

Aproximadamente 50 representantes das comunidades estarão presentes à solenidade e receberão das mãos do próprio presidente da Fundação Cultural Palmares, Zulu Araújo, a certificação de suas comunidades. O reconhecimento foi possível graças ao mapeamento étnico cultural realizado pelo Iteral nas 45 comunidades de Alagoas, onde foi observado que 39 não eram reconhecidas.

As comunidades que serão certificadas e os municípios onde estão localizadas são os seguintes: Jussarinha, Santana do Mundaú; Sapé, Igreja Nova; Abobreiras, Teotônio Vilela; Birrus, Teotônio Vilela; Barro Preto, Água Branca; Serra das Viúvas, Água Branca; Serra das Viúvas, Água Branca; Aguazinha, Olho D´Água das Flores; Guarani, Olho D´Água das Flores; Lagoa das Pedras, Água Branca; Santa Filomena, Palestina; Burnil, Pariconha; Malhada Vermelha, Pariconha; Sítio Belo Horizonte, Traipú; Uruçu, Traipú; Sabalangá, Viçosa; Gurgumba, Viçosa; Macuca, Jarapatinga; Serrinha dos Cocos, Senador Rui Palmeira; Bom Despacho, Passo do Camaragibe; Cabloco, São José da Tapera; Cacimba do Barrro, São José da Tapera; Mariana, Santana do Mundaú; Passagem do Vigário, Taquarana; Alto do Madeira, Jacaré dos Homens; Pixaim, Piaçabuçu.

Fonte: Fundação Cultural Palmares.

0 Deixe seu comentário: