Blogroll

18 de abr de 2010

EMAIL:

Quando o ser humano vira animal irracional‏

enviado por Olívia de Cássia
jornalista -
MTb/381/AL
http://oliviadecassiajornalista.zip.net

Eu tinha acabado de chegar da Tribuna Independente, cansada de uma jornada extenuante de fechamento de duas edições dos jornais do fim de semana. Estava terminando o jornal da Globo, eu ia subir a escada com a água para beber mais tarde, me arrumar, tomar banho, antes de bisbilhotar um pouco a internet para poder dormir, como faço todos os dias. De repente ouço um barulho na rua, barulho de moto e de gente agressiva, gritando: “Pega ladrão, filho da puta, eu vou te matar”.

Corri para ver o que era e não acreditei no que meus olhos estavam presenciando. Pensei em pegar a máquina fotográfica para registrar o espancamento, mas não tive coragem, meu corpo todo tremia. Eu nunca tinha visto um linchamento em minha vida, a não ser na televisão, em filmes; fiquei perplexa. Nossa rua nunca teve isso, sempre foi uma rua pacata e tranquila que todo mundo sempre quis vir morar por ser próximo de tudo.

Gritei, disse que ia chamar a polícia, mas os agressores não ouviam e gritavam: “Pega o revólver e mata esse ladrão safado”. Eles agrediam o rapaz, pisavam nele, davam chutes na cabeça, no abdome. Queriam fazer justiça com as próprias mãos. Tinha até uma senhora no meio da confusão, incitando aqueles homens. O ser humano transformado em fera, atacando sua presa. Meu Deus do céu, onde isso vai parar?

Tentei acessar o site da Polícia Civil, mas não encontrei o número, estava tão nervosa e o telefone só dava ocupado, não era aquele número. Ninguém tem o direito de fazer justiça com as próprias mãos, quem somos nós para julgar? Aquele homem poderia ter sido assassinado em frente à minha casa no começo da madrugada deste sábado e aí a situação tinha sido pior.

Toda aquela fúria, disseram, foi porque ele roubou um celular e depois 25 reais do apurado da mulher que vende churrasqui8nho na Praça da Faculdade, me parece. Eram todos rapazes os agressores, só não mataram aquele homem porque os moradores foram pra rua, alguém conseguiu chamar a polícia que felizmente estava próxima da minha rua e a Radiopatrulha chegou e também chamou a ambulância do Samu. Pelo estado que suposto ladrão ficou, todo cheio de sangue e hematomas, terá sorte se conseguir escapar sem seqüelas.

Foi tanto movimento por aqui, ficamos todos perplexos. Nós nunca tivemos essas cenas de violência em nossa região, agora vamos ficar, todos os moradores, amedrotandos, inclusive os mais velhos, pessoas doentes. Precisamos requisitar mais polícia nessa área. Na sexta-feira à tarde, no ponto de ônibus teve tiros pouca antes de eu chegar, para tomar a condução e ir para a Tribuna Independente.

Os tiros foram da policia contra o bandido que a população segurou já subindo no ônibus e quis fazer a mesma coisa, pelo mesmo motivo: a população querendo fazer justiça com um ladrão. Que comportamento de sociedade é essa que estamos presenciando??? Que mundo é esse que nossos jovens estão herdando?

A tecnologia, é bem verdade, facilitou nossas vidas, mas temos que reconhecer que depois da invenção do celular e dessa maldita droga chamada crack, a sociedade piorou, adoeceu, está em coma e não sabemos para onde está indo. Que Deus tenha pena de cada um de nós e nos proteja todos os dias, nos livrando desses males.

Que Deus nos dê paz e harmonia.

1 Deixe seu comentário:

o racional virando irracional; o certo agindo errado; ta tudo de cabeça pra baixo e quem diz se volta ao normal somos nós,como indivíduos e como coletividade.