Blogroll

15 de abr de 2010

Terremoto deixa 400 mortos na China

Uma série de terremotos deixou ao menos 400 mortos e mais de dez mil feridos na região montanhosa da planície tibetana, no noroeste da China, provocando o desabamento de casas, escolas e escritórios. O tremor mais forte, que atingiu 6,9 graus na escala Richter, aconteceu às 7h49m desta quarta-feira (20h49m de terça no horário de Brasília). O epicentro foi localizado no condado de Yushu, localizado nas montanhas entre a província de Qinghai e a região autônoma do Tibet, onde a população de cerca de 100 mil pessoas é formada em sua maioria por pastores e agricultores. Cinco mil militares foram enviados para a região.

Funcionários do governo disseram aos meios estatais que a maioria das casas sofreu sérios danos. Linhas telefônicas também foram danificadas, prejudicando a comunicação.- A maioria das edificações residenciais baixas caiu - disse à televisão estatal Huang Limin, funcionário do governo. O epicentro do tremor foi localizado a 240 quilômetros a noroeste de Qamdo, e a 375 quilômetros ao sul-sudeste do povoado de Golmud, e teve uma profundidade de dez quilômetros. As colinas ao sul e leste da região são habitadas por pastores e há monastérios tibetanos no condado de Yushu. A região ao norte e a oeste é árida e isolada.

A tragédia desta quarta-feira acontece menos de dois anos depois de um terremoto de magnitude 7,9 atingir a província de Sichuan , em maio de 2008. Dias depois, o número de mortos chegou a cerca de 90 mil. Este é o terceiro terremoto de grandes proporções registrado este ano. Em janeiro, um tremor sacudiu o Haiti, deixando mais de 200 mil mortos. Pouco mais de um mês depois, um abalo ainda mais forte sacudiu o Chile, provocando uma série de tsunamis. O número de mortos passou de 400. Este mês, um forte terremoto atingiu a Baixa Califórnia, no México, e foi sentido nos EUA, mas não provocou grandes danos. Duas pessoas morreram

Fonte: G1

Continuemos nós "fingindo que o mundo ninguém fez".

4 Deixe seu comentário:

Bom, se é um deus ou não que está "fazendo" esse tipo de coisa não dá pra afirmar racionalmente, vai depender da fé de cada um.

O que sei é que esses fenômenos acontecem desde quando o mundo não era o mundo que conhecemos através da história e também desde quando os deuses não existiam pois não existia ser humano pra afirmar tal coisa. Então... Acho que a questão não é por ai.

Este comentário foi removido pelo autor.

estamos no topo da cadeia e somos insubstituveis. Somos o supra sumo da evolução e não conseguimos nem nos entender. Concordo q isso acontece desde q o mundo é mundo, mas não nessa frequencia e com tamanhos desastres, principalmente em regiões q se situam em meio as placas tectonicas e não na beirada onde é comum acontecer terremotos. eu peço todo dia a Deus ou ao q vcs quiserem denmomiar a sua propria escolha, para q possamos unir a racionalidade com a fé. se vc não consegue, é pq tens racionalismo demais ou, fé demais.. tudo em excesso prejudica. a diferença entre o antidoto e o veneno é a dose.

e não pensem q usar o racionalismo com o coração eh se enganar, pois se enganar é viver preso as coisas q se ve e sente enquanto se ignora o q importa e o q definitivamente influi em nossos pensamentos.