Blogroll

9 de ago de 2010

Filme: Cidadão Kane

Cidadão Kane (Citizen Kane)
EUA, 1941
Direção e roteiro de Orson Welles
Com Orson Welles,Joseph Cotten,Dorothy Comingore e Agnes Moorehead


Cidadão Kane foi o primeiro filme longa-metragem dirigido por Orson Welles, na época considerado um rapaz prodígio, que havia angariado fama com suas peças de teatro e narrações radiofônicas.O longa marcou sua época devido às inovações, sobretudo nas técnicas narrativas e nos enquadramentos cinematográficos. O filme começa com o protagonista já morto, mudando-se a cronologia dos fatos; e a cenografia mostra pela primeira vez o teto dos ambientes.

O filme encontrou forte oposição por parte de William Randolph Hearst, um um magnata da imprensa estadunidense naqueles anos, pois ele julgava que a obra denegria sua imagem. Pode-se notar muitos pontos coincidentes das biografias de Hearst e de Kane.

A história conta como o repórter Thompson (Joseph Cotten) reconstitui a trajetória do empresário da imprensa Charles Foster Kane (Welles), buscando decifrar o significado de sua última palavra no leito de morte: "rosebud". A morte de Kane comovera a nação e descobrir o porquê daquela palavra se torna uma obsessão para o jornalista, que acredita poder encontrar nela a chave do significado daquela vida atribulada.

O filme faz uso de flashbacks, sombras, tem longas seqüênciãs sem cortes, mostra tomadas de baixo para cima, distorce imagens para aumentar a carga dramática; a iluminação é pouco convencional, o foco transita do primeiro plano para o background, os diálogos são sobrepostos e os closes usados com contenção. Revolucionário.

O personagem central vai, aos poucos, perdendo suas virtudes e aumentando seus defeitos. Pode ser visto retrospectivamente como alguém amargo, sombrio, arrogante, manipulador, cruel e impiedoso. Sua trajetória, no entanto, encerra muito do sonho americano: idealismo, espírito de iniciativa, fama, dinheiro, poder, mulheres, imortalidade.

Bookmark and Share

0 Deixe seu comentário: