Blogroll

6 de dez de 2008

MÚSICA:

Eddie Vedder - Into The Wild

Quem conhece um pouco sobre o Pearl Jam e seu vocalista sabe o quanto ele é crítico do capitalismo moderno e globalizado, por isso Eddie Vedder tem tudo a ver com a aventura libertária do filme que leva o mesmo nome do CD, e compôs canções simples, curtas e calmas para esse álbum, totalmente diferentes do que costuma tocar com o Pearl Jam, e que remetem a uma situação realmente contemplativa e solitária.

Christopher J. McCandless tinha 20 e poucos anos quando de fato abandonou a sociedade, doou suas economias e começou a vagar pelo mundo, sozinho, pensando, contemplando a vida. Sua aventura acabou dois anos depois, quando ele morreu sem comida durante uma peregrinação no Alasca, mas sua história inspirou um livro do escritor John Krakauer, um filme dirigido por Sean Penn (leia logo abaixo o post sobre o filme), e sua trilha sonora: este “Into the Wild”, o primeiro álbum solo de Eddie Vedder.

O vocalista levou ao pé da letra o conceito de álbum solo e a idéia de solidão e liberdade do filme, talvez se você escutar o álbum e não assistir nem ler nada a respeito do filme, poderá ter uma impressão de que se trata de composições autobiográficas. Além do mais Eddie fez quase tudo em "Into de Wild", desde a composição à gravação de cada canção, aceitando ajuda apenas em alguns momentos.

O álbum tem pouco mais de 30 minutos e, pela qualidade e intensidade transpassada por Eddie Vadder, deixa um sentimento de "poderia ter sido mais", apesar de não poder dizer que há uma genialidade aparente em alguma das canções, mas certamente há boas idéias, músicas como "Society", "Setting Forth", "No Ceiling" e "Long Nights" já podem entrar para a lista das melhores composições de Vedder.
W. A.

2 Deixe seu comentário:

Bom demais esse disco meu irmão!!!

Vedder se superou!!

Bom mesmo. Pois é.
Logo mais tentarei colocar algumas coisas no HD MODERNO, inclusive esse álbum do Eddie Vedder.