Blogroll

21 de fev de 2009

E-MAIL: Olimpiadas Brasileiras de Matemática: Estudante palmarino em 1º lugar

O TempoModerno recebeu um e-mail muito relevante do nosso leitor Dallas Diego. Espero que alguém ligado a administração municipal de União dos Palmares ou à câmara dos vereadores leiam esse texto e tomem uma atitude digna para dar o reconhecimento merecido aos fatos expostos. Vamos lá, prefeito e vereadores, é a cidade de União dos Palmares em destaque. Obrigado, Dallas, sempre colaborando com o TM.
Wenndell Amaral

Dois alunos do Instituto Federal de Educação de Alagoas estão entre os melhores no país nas Olimpíadas Brasileiras de Matemática das Escolas Públicas. Os dois estudantes são bolsistas do professor-doutor Carlos Argolo. Alan Anderson da Silva Pereira, 16 anos, conquistou a medalha de ouro na competição nacional, enquanto Hiago Otaviano da Rocha e Cássio Natan Santos Ferreita obtiveram a medalha de prata. As provas foram realizadas em dezembro de 2008 e o resultado geral foi divulgado na tarde de segunda-feira (02/02/09) pela organização da olimpíada.

Anderson Pereira repete a façanha conquistada por Murilo Vasconcelos e Igor Magalhães que no início da década também conquistaram a medalha de ouro para a instituição federal de ensino. Murilo chegou a conquistar o terceiro lugar na Olimpíada Mundial disputada na Romênia, logo depois que concluiu o ensino no IF Alagoas.

Além do ouro na olimpíada brasileira de matemática, Alan Anderson Pereira obteve a medalha de prata na Olimpíada de Astronomia, menção honrosa na Olimpíada de Física e, desta vez, o título máximo na disciplina de Matemática.

Segundo o professor Carlos Argolo, nos próximos anos, os dois alunos devem repetir essas premiações para o IF Alagoas, pois, segundo ele, “são alunos extremamente preparados para esse tipo de desafio”. Alan Anderson Pereira mora no município de União dos Palmares-AL e Hiago Otaviano, em Rio Largo-AL. Este último, recentemente, teve um trabalho de pesquisa aprovado por uma revista científica americana de prestígio internacional que teve a orientação do professor Carlos Argolo. A CCM do IF Alagoas trará uma matéria especial com Hiago Otaviano nos próximos dias.

Fonte: Site do Cefet-Al.

Na minha opinião casos como estes deveriam ser compensados, ao menos com uma “condecoração” municipal, para que assim fosse dado um incentivo aos jovens palmarinos.

Dallas Diego.

10 Deixe seu comentário:

Pena que as pessoas estão mais preocupadas em tomar banho de chuva na "folia" ao invés de se preocupar com o que de fato merece suas atenções.

O povo palmerino não dá valor.. aposto q muito andam bradando "Oh, cara besta! em vez de lupar carnaval tá estudando porra de matematica!!"

Existe a "Comenda Jorge de Lima" criada no governo Afrânio Vergeti, por sugestão minha quando fui diretora de Cultura em 1997, que o Executivo poderia homenagear não somente esses estudantes, mas todas as pessoas que contribuem para elevar nossa cidade culturalmente.

Conheço o Alan desde bebê. Parabéns a ele pela honrosa conquista. Quantos “Alans” não existem por aí, sem a plena oportunidade de mostrar do que são capazes, tendo o seu potencial intelectual atrofiado pelo descaso e omissão.

Giancarlo Acioli

Bom... vamos esperar passar esse período de festa, pois parece que por esses dias ninguém raciocina direito, e ver se a câmara de vereadores se pronuncia.

Vou tentar entrar em contato de alguma forma com algum vereadores ou com alguém lá da Câmara. Vou mandar um e-mail para a secretaria de comunicação da prefeitura, mas parece que é o mesmo que nada fazer isso, pois já fiz e não obtive resposta.

Também parece que não podemos contar aqui com o apoio da secretaria de cultura, pois ela não respondeu um ofício encaminhado desde o dia 13 de fevereiro e já se mostrou não amistosa com esse blog. Não sei porque!

Falou pouco, falou bonito Gian!

Participe mais Gian! Pq não escrever um texto sobre a importância do esporte na educação?

arbaço amigo!

Realmente o Alan é um jovem que merece todo o reconhecimento do povo palmarino. Garoto da atitudes humildes. Como ele o Marcondes que também estudou no CEFET-AL no período 2001-2003 (atual IF-AL) ganhou medalha de prata na Olímpíada de Física e nunca foi reconhecido pelo poder público e pelo povo palmarino. Fica aqui o nosso parabéns a todos que engrandecem o nome da nossa terra.

Parabéns,Alan. Não devemos esquecer que alunos especiais como o Alan surgem em cada grupo de 20 crianças, infelizmente na realidade educacional brasileira só encontramos alunos assim como o "Alanzinho", como chamavamos lá em Elivaldo em cada 20 mil alunos. É uma educação de qualidade que proporcona, assim como um habiente adequado, o desenvolvimento de suas capacidades intelectuais.

Tive uma idéia!

Em tempo de crise, soluções aparecem mais facilmente.

Já q sempre vivemos em crise democrática aqui em União, pq não nós q fazemos o TM, criarmos um prêmio para homenagear esse tipo de cidadão exemplar? seria um prêmio cultural, sem esse marmelada q ocorre todos as anos aqui em União e escolhe "melhor cabeleireiro", "melhor empresa de informática", etc..

o q acham?