Blogroll

19 de fev de 2009

ÚLTIMAS:

Acaba o mistério: imprensa Suiça revela detalhes do caso Paula Oliveira

O jornal suíço Weltwoche revelou ontem que a pernambucana Paula Oliveira, que disse ter sido agredida por skinheads nos arredores de Zurique e abortado, já teria confessado à polícia local que o suposto ataque não passou de uma farsa e ela nunca esteve grávida. A rede de TV Telezurich reiterou a história. Ainda segundo a imprensa, ela teria assinado uma confissão. De acordo com o jornal, a polícia especula que o objetivo de Paula seria processar o Estado por causa da agressão para obter uma indenização que poderia chegar a R$ 200 mil.

Ontem, o Ministério Público suíço anunciou a abertura de um processo penal contra Paula, que está impedida de sair do país - seu passaporte foi retido. A brasileira terá agora de prestar depoimento e corre o risco de pegar até 3 anos de prisão por falso testemunho.

O laudo médico concluiu que Paula não estava grávida no momento da suposta agressão. Segundo o Weltwoche, Paula foi pressionada pela polícia e pelos médicos-legistas e acabou confessando a farsa ainda na sexta-feira - dia da divulgação do primeiro laudo pericial. Ela teria planejado o ato, comprado uma faca de cozinha na popular loja de departamentos Ikea, e levado ao trabalho na segunda-feira da semana passada. Na volta, teria entrado no banheiro da estação de Dubendorf e se cortado, simulando o ataque.

Paula teria tentado convencer a polícia de que fez testes de gravidez com material de supermercado e até um ultrassom, mas as fotos teriam sumido. O telefone da médica também teria desaparecido. Pressionada, Paula chorou e confessou que a gravidez e o ataque dos neonazistas eram uma armação. Sobre as letras do partido em seu corpo, ela disse que apenas conhecida o SVP dos cartazes espalhados pela Suíça. Questionada sobre os motivos, disse: "Pergunte a um psiquiatra."

Fonte: MSN Notícias

Mais uma vez os brasileiros são vistos como pessoas de má caráter. Já não basta nossos políticos que sujam o nome do país com uma incrível pontualidade? Precisamos de cidadões que forjam ataques para ganhar indenizações? E vejam que ela é uma moça rica... O mal caratismo está impregnado no nosso sangue? Quero crer que não.
Walter Jr
Redator

0 Deixe seu comentário: