Blogroll

6 de abr de 2009

ÚLTIMAS:

Congresso tem pelo menos 14 projetos para criar novos estados no país


Mais do que um traço nos mapas escolares, um novo estado significa mais burocracia e gastos com câmaras estaduais, bombeiros, policiais, governadores, além de novos deputados e senadores. Apesar do custo para erguer uma nova estrutura, no Congresso há pelo menos 14 projetos que propõem a criação de novos estados. Se todos eles fossem aprovados, o país ganharia 14 novas unidades entre estados e territórios federais, passando a ter 41 no total. (imagem acima) Um acréscimo que não seria barato.

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgou no ano passado um estudo em que estima em R$ 832,14 milhões o custo fixo anual de manutenção de um estado no Brasil sem considerar a sua população ou sua atividade econômica. Segundo o Ipea, cada habitante custaria R$ 564,69 a mais ao gasto público estadual e cada real produzido em um estado requer um aumento de 7,5 centavos em termos de gasto público estadual. Um número contestado pelo senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR), autor de três projetos que propõem a criação de novos estados.

Se todos os projetos fossem aprovados e o custo fosse o mesmo para os territórios federais, apenas em um ano o país gastaria R$ 11,649 bilhões na manutenção destas novas unidades da federação.

Mas a medida não é unanimidade no Congresso onde muitos projetos estão parados há mais de uma década. Entre os contrários às mudanças no mapa brasileiro, há deputados e senadores que apontam desde o atual momento de crise econômica e o gasto extra, que consideram desnecessário, ao argumento que o Brasil já está consolidado com as atuais 27 unidades da federação.

- O gasto que teríamos com burocracia é enorme. E há estados que não se sustentariam porque não teriam nível de arrecadação. Por mais que eles recebam o fundo de participação, (o dinheiro) seria insuficiente - critica a deputada Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM)

Fonte: G1

Mais Estados, mais corrupção, mais violência, mais falta de cultura, mais tudo que não presta. É mais consciente deixar como está.

----

Cientistas britânicos criam primeiro 'robô cientista'

Cientistas britânicos criaram um robô que realiza sozinho centenas de experiências repetitivas e, segundo eles, é a primeira máquina a "descobrir novos conhecimentos científicos" de forma independente.

O robô Adam, criado pela equipe de cientistas da Universidade de Aberystwyth, já identificou o papel de vários genes de células de levedura e consegue planejar mais experiências para provar suas próprias hipóteses.

Ross King, do departamento de ciência computacional da Universidade de Aberystwyth, que liderou o estudo para a criação de Adam, disse à BBC que prevê um futuro em que o tempo dos cientistas humanos "será liberado para experiências mais avançadas".

O robô Adam pode fazer até mil experiências por dia e foi projetado para investigar a função de genes nas células de levedura. A mesma equipe que trabalha com o robô Adam está desenvolvendo também um outro robô cientista mais evoluído, Eve, cujo objetivo é testar novos medicamentos.

Fonte: BBC Brasil

----

Pintinhos de 5 dias sabem somar, dizem cientistas italianos

Cientistas italianos descobriram que pintinhos de "cinco dias de idade" sabem somar, de acordo com uma experiência publicada nesta quinta-feira pela revista "Proceedings of the Royal Society", segundo confirmou à Agência Efe a pesquisadora Rosa Rugani. Pesquisadora da Universidade italiana de Pádua, e membro da equipe responsável, ela explicou que já se conheciam as habilidades de alguns animais, como os macacos, que também têm "capacidade ordinal", ou seja, que além de contar sabem ordenar os diversos objetos que contam.

A experiência conseguiu provar que eles eram capazes de fazer operações como "1 + 1" ou "3 - 2", quando os introduziam em caixas com bolinhas de plástico amarelo que confundiam com outros indivíduos iguais a eles.

Alguns pintinhos se sairiam melhor como políticos do que a maioria que exerce esse tipo de cargo atualmente. Pelo menos subtrair eles sabem, ao contrário de nossos políticos que só multiplicam. Suas posses.

----

Tiroteio no estado de Nova York faz várias vítimas

Um tiroteio na tarde desta sexta-feira na cidade de Binghamton, no estado de Nova York, deixou várias pessoas feridas em um prédio da Associação Cívica Americana, entidade que auxilia imigrantes e refugiados. Segundo informações da polícia, ao menos 12 pessoas morreram, entre elas o atirador, e 26 ficaram feridas. No momento do ataque, entre 20 e 40 pessoas estariam fazendo prova para adquirir cidadania americana. Binghamton é uma cidade de 50 mil habitantes e fica a 240 km a noroeste da cidade de Nova York.

Fonte: CNN

Porque não destruir patrimônio de políticos corruptos em vez de assassinar pessoas inocentes?

----

Brasil é 'rebaixado' no Festival de Jazz de Montreux

O Festival de Jazz de Montreux não contará na edição deste ano com a sua Brazilian Night. Desde a sua criação, em 1978, esta será a primeira vez que a música brasileira ficará de fora dos palcos principais do evento, que acontecerá entre os dias 3 e 16 de julho, na cidade Suíça. Segundo a escalação do festival, anunciada em seu site oficial, artistas brasileiros participarão apenas de shows paralelos, realizados em barcos no Lago Le Mans, o Brasil Tropical Boat e o Brasil y Nordeste Boat.

Fonte: G1

Antigamente um dia só nosso. Hoje, 2 barquinhos. O fim do dia brasileiro em Montreux reflete a decadente cena musical nacional.

Walter Jr.

0 Deixe seu comentário: