Blogroll

31 de mar de 2010

EDITORIAL: Fé, mulheres e bombas


Há algum tempo vinha tentando concatenar as idéias para elaborar um texto sobre fé. A wikipédia diz que fé, é "a firme convicção de que algo seja verdade, sem nenhuma prova de que este algo seja verdade, pela absoluta confiança que depositamos neste algo ou alguém." É possível nutrir um sentimento de fé em relação a um pessoa, um objeto inanimado, uma ideologia, um pensamento filosófico, um sistema qualquer, um conjunto de regras, uma crença popular, uma base de propostas ou dogmas de uma determinada religião.

Desde da Guerra do Golfo, que ocorreu no início dos anos 90, a fé dos islâmicos vem sendo desvelada, observada e estudada, não apenas por especialistas como também por qualquer curioso pois várias obras literárias, cinematográficas, científicas, tentam mostrar um pouco dessa cultura milenar que o Ocidente teimava em tratar como uma religião de pessoas inferiores. A religião de Maomé, assim como a maioria das religiões, guardam um lugar pouco lisonjeiro para as mulheres e, no Ocidente, com seu representante maior no catolicismo, não é diferente.

As mulheres sempre foram renegadas a 2º, 3º planos. No decorrer da História podemos ver relatos de povos que tinham em sua cultura o costuma de usar as mulheres apenas para procriar. Também na mesma História se vê relatos - alguns dizem serem míticos - sobre sociedades com base apenas feminas nos estratos sociais, onde o homem servia apenas pra procriar, até as guerras eram feitas por elas. Como é possível acompanhar, ambas as sociedade se deram mal e se extinguiram.

Com o advento do capitalismo e a necessidade de mais consumidores nas mais diversas áreas (da venda de carros à faculdades particulares), a mulher voltou a se sentir encorajada a ousar e buscar o famigerado "lugar ao sol". Queimaram sutiãs em praça pública; se divorciaram dos brutamontes que as maltratavam; arrumaram empregos fora de casa; formaram famílias sozinhas... Enfim, tentaram alcançar um patamar mais harmonioso em relação ao machismo predominante.

Acontece que as mulheres também são humanas. E como ser humano, erram. Por algum motivo desconhecido as mulheres começaram a agir da forma que elas mesmas abominavam. As mulheres que queimaram sutiãs no passado em busca de direitos são as mesmas representantes da classe que hoje ocupam cadeiras em multinacionais, cargos de governo, investidoras, profissionais liberais de renome. O erro cometido pelas mulheres não está aí, na igualdade das funções, uma vez que a aptidão intelectual nada tem haver com o sexo da pessoa, é obvio.

O erro se consolida a cada dia, a cada hora desde o momento que as mulheres cobravam mudanças dos homens e desemboca hoje, agora. Tomemos como exemplo a eleição de Angela Merkel, 1º Ministra da Alemanha, a maior economia européia. O povo alemão escolheu-a como chave para a mudança uma vez que o país estava estagnado, com o desemprego aumentando e a economia bamba. Quando alcançou o direito de sentar na cadeira de Presidente de uma nação, não poderia jamais agir conforme os outros presidentes passados e Angela Merkel conseguiu mudar o panorama e a Alemanha voltou a crescer. Acontece que mulheres de caráter assim como os homens de caráter, estão ficando cada vez mais escassos.

A mulher é a tradução da esperança. Devemos deixar de lado a discussão machistas x feministas, pois o tempo mostra que não há mais tempo para isso. Somos um todo, uma única raça e nós homens passamos o que tinhamos de pior para as mulheres e eles absorveram tudo e mais um pouco com a desculpa da "igualdade entre os sexos", mas elas esqueceram de lembrar que violência gera mais violência e que tomar atitudes baseadas em erros gera mais erros.

Hilary Clinton, outra mulher que conseguiu se tornar poderosa ao ponto de mudar as coisas, teve a chance da colega alemã de mostrar que as mulheres sabem fazer melhor as coisas e disperdiçou. Clinton assumiu a pasta de 1º secretária do governo Obama e em vez de apaziguar as coisas como se esperava de uma mulher, colocou mais fogo na política internacional aconselhando sanções contra o Irã, aumentando o números de soldados no Iraque, etc. Ela fez o que qualquer homem sem tato nem sensibilidade faria. Hilary foi a prova de que algumas mulheres herdam o pior dos homens.

Toquei em âmbitos públicos, falei de política. E pra encaixar a mulher no texto, no 1º parágrafo citei a religião, a fé. A mulher prestou tanta atenção nas piores atitudes dos homens dentro e fora de casa e não se preocuparam de questionar se aquelas atitudes eram corretas. O alcorão prega a total submissão da mulher ao homem islâmico e mesmo assim, continuando a saga de seguir o caminho errado do homem, duas mulheres russas colocam explosivos em seus corpos e se explodem numa estação de trem matando quase 40 pessoas. Fato histórico. Em nome da "fé", elas se rebaixaram aos homens que as subjulgavam e agiram da mesma forma. Fato que comprova que, seja na religião, na política, no comércio ou mesmo dentro de casa, as mulheres estão se transformando nos monstros que os os homens já são.

O processo ainda está no começo e pode ser revertido, mas é preciso esforço principalmente de vocês mulheres para que não deixem seduzir pelo falso poder que embriaga os homens. Assim como as crianças já foram a esperança um dia, as mulheres estão se deixando sugar por toda malevolosidade masculina e achando que é normal. Ladies, deem o exemplo e coloquem os brutamontes descerebrados no chinelo. É isso que a humanidade espera de uma espécie tão sublime e que traz consigo o poder da vida.

Março, 2009

Walter A.
Editor

30 de mar de 2010

Mesa Z receberá secretária municipal da indústria e comércio, vice-prefeito e comerciantes

O programa Mesa Z deste próximo sábado, 03 de abril, estará recebendo Edvane Ferreira de Oliveira (Secretária Municipal da Indústria e Comércio), Adeildo Sotero (vice-prefeito, representante do SIDLOJAS e também Secretário Municipal de Obras e Infra-estrutura). Também foram convidados os comerciantes Jocemar Assunção e Gilson da Eletromóveis. Esse Mesa Z terá como tema principal o comércio de União dos Palmares, ideias, projetos para desenvolvimento e melhoria, críticas etc.

Participe do Mesa Z através do e-mail radiozumbifm@hotmail.com ou pelo telefone (82) 3281-2314. Se preferir, envie e-mail para o Tempo Moderno que repassamos ao Mesa Z sua pergunta, sugestão ou crítica ou diretamente para o e-mail do grupo: mesaz@groups.live.com

Mesa Z com Manoel Bernardo e Professor Claudionor Oliveira

Foto: Rádio Zumbi.
No último sábado, 27, os representantes do Tempo Moderno, Wenndell Amaral e Dallas Diego, juntamente com Sérgio Rogério (Acorda União) e Marcelo Pereira (A Terra da Liberdade), sabatinaram e discutiram sobre questões ambientais e assuntos correlatos com o Secretário Municipal do Meio Ambiente, o agrônomo Manoel Bernardo de Mello, e com o Prof. Mestre Claudionor Oliveira. Entre outros, alguns temas receberam ênfase, como a questão da Serra dos Frios, e, principalmente, a implantação do aterro sanitário consorciado com os municípios vizinhos.

O Secretário afirmou que o município de União dos Palmares está disposto a participar do futuro consórcio para a instalação do aterro e é candidato à sede, só que atualmente não tem condições financeiras para arcar com o custeio inicial da obra, para a qual calcula-se (em sua totalidade) um orçamento de um milhão e duzentos mil reais, a ser dividido entre as cidades participantes do consórcio. Claudionor Oliveira, foi enfático em pronunciar por diversas vezes que nenhuma cidade tem condições de continuar usando o atual sistema de depósito de lixo e dejetos a céu aberto, sendo o aterro sanitário a saída urgente para a resolução do problema do lixo, sobretudo relação à poluição do solo, das águas de nossos rios e também do ar.

Genisete Lucena, também participou mais uma vez do programa, debatendo a responsabilidade do gestor da pasta do Meio Ambiente. Genisete propôs que fosse marcada uma reunião com os representantes locais, defensores e estudiosos do meio ambiente, onde seria confeccionado um documento endereçado às autoridades no âmbito estadual e federal e demais órgãos competentes, a fim de repassar os principais problemas e reivindicações da região e da cidade para que possam ser solucionados ou minimizados, sobretudo em relação à Serra dos Frios, uma importantíssima localidade palmarina, fonte de grande diversidade vegetal e animal.

Ainda, o Secretário Bernardo informou sobre o "Projeto Adote uma Muda", iniciado pela secretaria ainda na gestão administrativa anterior, o qual consiste em distribuir mudas de plantas nativas. Segundo o secretário, até hoje foram distribuídas mais de 7 mil mudas, e a meta é atingir 60 mil até o ano de 2014.

Participe da comunidade no Orkut do programa Mesa Z clicando aqui.

Comidas gordurosas viciam tanto quanto heroína ou cocaína

Comidas junk food como hambúrguer, bacon ou salsicha viciam como a heroína ou a cocaína. Cientistas do Scripps Research Institute, na Flórida, Estados Unidos, provaram com testes feitos em ratos que a compulsão por alimentos gordurosos funciona como um vício em drogas e é muito difícil de ser combatida: mesmo sabendo que receberiam dolorosos choques elétricos, os animais preferiam não parar de comer. E, privados dos alimentos gordurosos, preferiram passar fome a comer salada e alimentos saudáveis.

A descoberta mostra que certos alimentos podem desencadear a compulsão por comida e a obesidade também em humanos, levando a uma forma de vício em comida praticamente impossível de ser combatida com dieta. - O estudo mostra que o vício em drogas e a obesidade estão baseados no mesmo mecanismo neurobiológico - disse o professor Paul Kenny, que comandou o estudo.

Fonte: G1

27 de mar de 2010

Pais e Filhos

Dois anos é o tempo dos fatos. Enquanto um casal paulista de classe média resolve matar a filha/enteada, outro casal alagoano, perde o seu filho para um sequestrador. Sentimentos contrários envolvem essas duas famílias. Um casal chora de alegria por reencontrar o filho sequestrado, o outro é tratado com o mais puro desprezo pela sociedade brasileira ao longo do julgamento que encerrou nesta madrugada com a leitura da sentença, a qual condenou os assassinos de Isabela.

Não consigo diferenciar o fato do pai ter matado a filha ou um sequestrador ter tirado do convívio familiar um garoto de oito anos. Assassinato e sequestro deveriam ter uma pena muito longa, sem recurso e regressão.

Muita ironia, Ana Carolina é o nome da mãe e o nome da assassina de Isabela. O termo madrasta, não se refere à pessoa má, mas nessas circunstâncias, se enquadraria muito bem. O que falar de um pai que faz uma barbaridade com uma filha? Isso o júri respondeu pra mim. É triste saber que em breve o casal Nardoni vai estar livre de alguma maneira.

A tristeza acabou para o casal palmarino que foi rever o filho Sérgio no Rio de Janeiro, tudo custeado pelo governo do Estado de Alagoas. A mídia que foi tão “cruel” com o casal Nardoni, encheu nossos olhos de alegria ao exibir as imagens do reencontro dos pais de Sérgio. Pessoas simples reencontraram o tesouro, ao contrário de pessoas classe média que conseguiram quebrar um lindo diamante!


Dallas Diego

Fundação Cultural Palmares inaugura sede em Alagoas

A Fundação Cultural Palmares, vinculada ao Ministério da Cultura, inaugurou neste dia 26/03 a sede de sua representação em Alagoas. A instalação em União do Palmares ficará sob a coordenação de Severino Cláudio de Figueiredo Leite, o capoeirista mestre Cláudio. O presidente da Fundação, Zulu Araújo, participou da solenidade que começou por volta das 19h, bem como o Secretário da Cultura do Estado de Alagoas, Osvaldo Viegas, o prefeitura de União, Areski de Freitas, o vereador Manoel Feliciano, além de ativistas do movimento negro e cultural palmarino e de Alagoas.

O anúncio da inauguração da sede alagoana foi feito por Zulu Araújo na abertura do Projeto Parabólica, que aconteceu nos dias 18 e 19 em Maceió. "Quero trazer boas notícias", disse Zulu no momento. "Depois de 21 anos, a Fundação terá um escritório aqui no estado e escolhemos mestre Cláudio para assumir essa responsabilidade, porque é uma maneira concreta de reconhecer a importância que a capoeira tem para a cultura brasileira e para o mundo". Para mestre Cláudio esse momento representa um sonho de muitos anos e que foi sonhado junto com muitos capoeiristas, não só em Alagoas, mas no Brasil.

Mestre Cláudio
Mestre Cláudio é servidor da Secretaria Estadual de Educação e foi cedido pelo Governo Estadual para coordenar os trabalhos da Fundação no Estado. Trabalha com capoeira há mais de 42 anos, destes 28 em Alagoas. Freqüentador da Serra da Barriga - administrada pela Fundação Palmares - desde 1985, em 2006 iniciou trabalho de capoeira com as crianças da Serra, o projeto Caa-puêra na Terra de Zumbi, que lhe rendeu um prêmio no Projeto Capoeira Viva, do Ministério da Cultura. Entre outras coisas, é diretor Técnico da Federação Alagoana de Capoeira, mestre de capoeira terapia do Núcleo de Terapia William Reich e coordena a orquestra de berimbaus dos mestres de capoeiras de Alagoas.

A sede da Fundação Cultural Palmares está localizada na Travessa Santa Maria Madalena, nº 236, Centro.

Fontes: Manoelfeliciano.blogspot.com; Palmares.gov.br;

Em em quem você votaria para o Senado Federal por Alagoas?

Resultado da enquete:

Heloísa Helena: 48 (68%)
Pinto de Luna: 37 (52%)
Renan Calheiros: 5 (7%)
Benedito de Lira: 1 (1%)
Nulo: 5 (7%)
Branco: 5 (7%)

Total de votos: 70

Veja clicando aqui o resultado de uma enquete semelhante, promovida pelo blog A Terra da Liberdade, na qual a atual vereadora da cidade de Maceió, Heloísa Helena, também ficou com a maioria dos votos, e da mesma forma, o delegado federal, Pinto de Luna, seguiu na cola, com a segunda colocação.

25 de mar de 2010

SAUDAÇÕES AOS ESTUDANTES PALMARINOS!


No dia 19 de março, fez um ano que os estudantes palmarinos realizaram o protesto mais ousado e corajoso dos últimos trinta anos de história da região. Saudemos então todos e todas que estiveram presentes e tiveram a coragem revolucionária de se rebelar contra as injustiças mpostas pelos coronéis da cidade.

Hoje, uma ano após este acontecimento histórico, uma certeza ronda as mentes do senhores feudais palmarinos, a de que a massa estudantil é uma bomba relógio, para sorte deles ainda existe estudantes que atuam no meio dessa massa como camisa de força, neutralizando a rebeldia dos companheiros. Mais mesmo assim os estudantes conseguiram um trunfo, impor o respeito aos poderosos.

É preciso acabar com oportunismo eleitoreiro que habita os interesses dos estudantes palmarinos que estudam em Maceió, este faz um jogo de morde e assopra com o poder municipal, em vez de declarar inconciliável a contradição entre necessidade estudantil e interesses politiqueiros municipais, ficam nessa de atiçar os estudantes e segura-los, para servir de conciliador perante os coronéis.

Mais uma vez parabéns a todos e todas que se dispuseram a lutar por condições melhores de existência social em União dos Palmares. Minhas mais sinceras e combativas saudações revolucionárias!

Aumento do nível do oceano faz sumir ilha no Oceano Índico

Fotos recentes de satélite indicam que uma ilha disputada pela Índia e por Bangladesh no Oceano Índico desapareceu sob as águas. O território, no Golfo de Bengala, era conhecido como Ilha New Moore pelos indianos e chamado de Talpatti do Sul pelos bengaleses e ficava ao sul do Rio Hariabhanga. O local, com uma área de cerca de 10 km², nunca foi habitado de forma permanente e nunca ficou mais do que dois metros acima do nível do mar. De acordo com o professor Sugata Hazra, da Universidade de Jadavpur, quem quiser visitar a ilha agora precisará de um submarino. O professor afirmou que seus estudos revelaram que os níveis do mar nesta região do Golfo de Bengala subiram muito mais rápido na última década do que nos 15 anos anteriores.

Fonte: G1

---

Vaticano ignorou caso de padre que molestou mais de 200, diz 'New York Times'


Uma reportagem publicada nesta quinta-feira pelo jornal "The New York Times" afirma que o Vaticano tinha conhecimento - mas não tomou nenhuma providência a respeito - do caso de um padre que, acredita-se, molestou cerca de 200 garotos ao longo de 24 anos em uma escola para surdos no Estado de Wisconsin. O diário afirma ter tido acesso aos documentos do processo que vítimas apresentaram na Justiça. Entre eles estão correspondências entre os bispos do Estado e altas autoridades do Vaticano, inclusive algumas endereçadas ao cardeal Joseph Ratzinger, atual papa Bento 16, na época em que era chefe da Congregação para Doutrina da Fé, responsável por tratar questões disciplinares na Igreja.

"O arcebispo Weakland contratou um assistente social especializado no tratamento de crimes sexuais para avaliar (o padre Murphy). Após quatro dias de entrevistas, o assistente social afirmou que o padre admitiu seus atos, havia molestado provavelmente cerca de 200 garotos e que não tinha remorsos", relata o "New York Times". Segundo o jornal, o arcebispo Weakland escreveu cartas ao cardeal Ratzinger pedindo a suspensão do padre Murphy em 1996, com o objetivo de "neutralizar a indignação entre a comunidade surda e restaurar a confiança na Igreja." O New York Times diz que Ratzinger nunca respondeu a nenhuma das duas cartas que recebeu do arcebispo americano.

O jornal diz que o caso passou pelas mãos de outros funcionários de alto escalão do Vaticano, mas que os procedimentos foram interrompidos depois que o próprio padre Murphy escreveu ao cardeal Raztinger alegando saúde frágil e pedindo que o caso fosse abandonado. Ele morreu quatro meses depois e foi enterrado em vestimentas da Igreja.

Fonte: MSN Notícias


Molestar crianças surdas e ainda ter "garatido o direito" de permanecer impune. É, parece que a "Santa Igreja" é seguidora dos 3 macacos da sabedoria: continua cega, SURDA e muda. Ironia do destino? Não para as 200 crianças molestadas.

24 de mar de 2010

Paixão de Cristo - O Musical




23 de mar de 2010

Mesa Z com Francisco Viana

No último sábado, 20 de março, o programa Mesa Z da rádio Zumbi FM 87,9 MHz recebeu Francisco Viana Neto, educador, atual secretário de educação do município de Ibateguara e presidente regional da Campanha Nacional de Escolas da Comunidade - CNEC.

Francisco Viana também atuou há vários anos na diretoria do Colégio Cenecista Santa Maria Madalena, que durante muito tempo foi referência de educação em toda zona da mata alagoana, contudo hoje encontra-se desativado, mas já com planos de voltar ao normal funcionamento.

No Mesa Z, dessa vez contando com as presenças de Sérgio Rogério (Acorda União), Wenndell Amaral, Bruno Monteiro deste Tempo Moderno, Marcelo Pereira (A Terra da Liberdade), Francisco fez uma retrospectiva de sua vida como educador até chegar na formação do Colégio Santa Maria Madalena através da CNEC, bem como de sua vida pública também na função de secretário de educação de União dos Palmares, na administração de Afrânio Vergetti (1997-2002). Ainda, foram abordados diversos assuntos pertinentes à educação como um todo.

Próximo Mesa Z

No sábado, dia 27 de março, os integrantes do Mesa Z receberão o atual secretário do Meio Ambiente de União dos Palmares, Emanuel Bernardo de Mello, e o Prof. Mestre Claudionor Oliveira.

Participe do Mesa Z através do e-mail radiozumbifm@hotmail.com ou pelo telefone (82) 3281-2314. Se preferir, envie e-mail para o Tempo Moderno que repassamos ao Mesa Z sua pergunta, sugestão ou crítica ou diretamente para o e-mail do grupo: mesaz@groups.live.com

22 de mar de 2010

Impostômetro

São os impostos pagos pelo cidadão que mantêm os gastos do Estado e que custeiam os serviços públicos. O dinheiro arrecadado deveria gerar serviços públicos de qualidade em áreas como saúde, educação, transportes, segurança.

A Associação Comercial de São Paulo (ACSP) tem desenvolvido um conjunto de ações visando esclarecer a população brasileira de que todo cidadão, até mesmo aquele que atua na economia informal, paga impostos e é, portanto, um contribuinte e que ser informado, de maneira transparente, sobre o quanto paga de impostos é um direito previsto na Constituição. A ACSP é uma organização sem fins lucrativos, fundada em 1894 e que tem como missão a união dos setores empresariais, a defesa da livre iniciativa e a prestação de serviços de qualidade a seus associados.

Para conhecer o peso dos impostos sobre seu orçamento visite a Calculadora do Imposto na Internet: www.calculadoradoimposto.org.br

No site dá para conferir o cálculo das receitas correntes (receitas tributárias, mais transferências da união e do estado e mais outras receitas não-tributárias) de qualquer cidade do Brasil desse ano, basta selecionar o estado, cidade e clicar em visualizar.

20 de mar de 2010

Música: Fernanda Guimarães - Verbo Livre

Fernanda Guimarães - Verbo Livre
2010

Mais uma vez os alagoanos presenteiam o mundo musical com um trabalho de excelente qualidade. Apesar do pésimo hábito dos mesmos fecharem os olhos para os seus artistas, os talentos brotam na terra dos marechais.

A criatividade, talento, mistura de sons e ritmos somada a simpatia de Fernanda Guimarães faz de "Verbo Livre" - primeiro cd da artista - um disco gostoso de ser ouvido. As 13 músicas são interpretadas lindamente na voz da cantora alagoana radicada no Rio de Janeiro.

Com a participação de grandes músicos, trabalho gráfico da também alagoana Flávia Correia e lançado pela Saladesom Records, o disco é uma grande mistura de ritmos e culturas, o batuque alegre e a voz sensual da intérprete deixam no mesmo uma característica inovadora. A apresentação ao vivo não fica atrás em qualidade, o show de lançamento do disco no Teatro Gustavo Leite no Centro de Convenções de Maceió foi uma demonstração madura do domínio de palco e da experiência adquirida em terras alagoanas e cariocas.

Ela apesar da pouca idade é velha conhecida dos alagoanos, sobretudo dos frequentadores da noite maceioense, cantora da banda de pop rock Zero82 e integrante do grupo 4Jazz, trás na bagagem participação em festivais de música, shows com Djavan, Maria Rita e Vanessa da Mata.

Músicas como "Farol da Noite" e "Sobre o Mar" composições da própria Fernanda são lindas baladas, versos que chegam aos ouvidos com aquela sensação de que só quem consegue enxergar além dos olhos poderia escrever tão bem. Lindamente cantado, competentemente produzido vale a pena conhecer "Verbo Livre" e admirar o trabalho dessa talentosa alagoana, mais uma prova que também sobre a terra existe muito para ser mostrado por aqui.

Bruno Monteiro

Você pode escutar Fernanda Guimarães no MySpace clicando aqui.

17 de mar de 2010

Vaticano reconhece abuso sexual a menores em Arapiraca

O Vaticano reconheceu nesta terça-feira que existem casos de abuso sexual de menores cometidos por sacerdotes em Alagoas, indicou o porta-voz da Santa Sé, padre Federico Lombardi, à agência de Notícias France Press. "Eram padres", afirmou Lombardi ao se referir à denúncia de que dois monsenhores e um padre de Arapiraca estariam envolvidos em suspostos casos de pedofilia. O porta-voz do Vaticano reconheceu que dois dos três religiosos citados possuíam o título honorífico de "monsenhor", embora fossem simples padres, o que a Igreja consente em casos particulares. "Foi confirmado que nenhum dos três envolvidos era bispo. Um deles foi afastado da paróquia e será julgado pela justiça civil", disse Lombardi.

"Os outros dois foram suspensos de suas tarefas eclesiásticas e estão sendo submetidos a um processo canônico por suspeita de pedofilia, mas até agora negam tudo", acrescentou o porta-voz do Vaticano. Este foi o primeiro caso denunciado recentemente na América Latina após a série de escândalos por pedofilia que afeta vários países da Europa, entre eles Alemanha, Irlanda, Holanda, Suíça e Áustria.

Afastamento

Nesta segunda-feira, a Igreja afastou no final de semana passada das funções eclesiásticas "dois monsenhores e um padre", depois de terem sido acusados de pedofilia por coroinhas e por seus familiares.Um vídeo mostra um dos dois "monsenhores", Luiz Marques Barbosa, de 82 anos, no momento em que mantém relações sexuais com um jovem de 19 anos. A gravação foi feita em janeiro de 2009 por outro jovem que também teria sofrido abusos.

O jovem contou que desde os 12 anos, quando entrou para a Igreja, era alvo do assédio sexual do monsenhor. O caso consternou a opinião pública brasileira e gerou uma onda de denúncias de novos casos na imprensa e na polícia. De acordo com o advogado do "monsenhor", Daniel Fernandes, as relações sexuais filmadas eram consentidas e rejeitou que se trate de pedofilia. Ele assegurou que os jovens tentaram extorquir o religioso e até assinaram um documento no qual se comprometiam a não divulgar o vídeo em troca de dinheiro. Os outros dois sacerdotes também negam que tenham abusado de menores.

Fonte: Tudo na Hora

O Vaticano sempre reluta em dar "explicações" sobre esses casos para não manchar sua "santa" imagem. Dessa vez resolveram se manifestar. Nada mais do que falsos profetas, como já prega o livro bíblico Apocalipse.

Walter Jr.

14 de mar de 2010

Conexões: de Zumbi aos zumbis

Zumbi dos Palmares: Neto de uma princesa do Congo, ele nasceu em 1655, no Quilombo dos Palmares. Aos 23 anos, tornou-se líder do povoado, que virou o grande foco de resistência dos negros à escravidão. Mas o mérito não apenas de Zumbi. Palmares foi ajudado por um conflito que distraiu os portugueses. A... Invasão Holandesa: Em guerra com a Espanha, que era dona de Portugal, os holandeses começaram a atacar o Brasil em 1630. Isso atrapalhou a repressão a Palmares e soltou milhares de escravos. Os holandeses não ficaram por aqui. Mas aprenderam o bastante para se tornar uma potência colonial. Que chegaria ao auge com...

Guilherme 3º: Em 1688, o rei da Holanda invadiu a Inglaterra com seu exército. Assumiu o trono e partiu para cima da França, na chamada Guerra dos Nove Anos. Não deu muito certo. Tanto que, em 1697, Guilherme 3º decidiu fazer um acordo de paz, cedendo aos franceses parte de uma ilha no Caribe. Que ganharia o nome de... Haiti: Ele logo se tornou campeão na produção de açúcar - e também na escravidão. Mas, em 1804, viu a maior revolta de escravos da história do mundo. Os negros conquistaram independência e expulsaram os brancos do país. Isso fez com que o Haiti desenvolvesse uma cultura quase 100% africana. Cuja lenda mais célebre são os... Zumbis: Os haitianos acreditam que os bruxos são capazes de ressuscitar os mortos e transforma-los em zumbis ("espíritos"). Daí o nome dado a Zumbi dos Palmares, que tina fama de sobrenatural. Os escravos só aceitaram que ele estava morto quando sua cabeça decapitada foi separada do corpo. Como os zumbis dos filmes.

Texto de Fabio Marton. Revista Super Interessante, n. 276, março/2010, editora Abril, p. 24.

12 de mar de 2010

Livro: A Metamorfose

Fechei o livro e indaguei-me se ele teria sido feito para ser odiado, pois senti algo parecido durante a leitura. Como pode isso? Como aquilo? Eram frequentes. Quase desisti de ler, mas pela parcimônia no número de folhas, prossegui. E não me arrependi. Sim, porque A Metamorfose é um tipo de novela intrigante, porém contundente, onde Franz Kafka nos faz sentir nojo de nós mesmos.

Quantas obras literárias não tratam da mesma coisa? Muitas em muitos lugares do mundo refletem acerca da hipocrisia humana, talvez nenhuma trate da desumanização tal qual a obra de Kafka. Agora entendo as loas à sua magnificência literária.

Não irei contar os detalhes do enredo. Leiam o livro! É moderno e imprevisível. Adianto apenas que o personagem principal não se transforma numa barata. Portanto, meninas, tranquilizem-se, nenhum inseto saltará das páginas (só o inverso pode acontecer).

Do gênero humano, às vezes não se nota que dele se pode esperar qualquer coisa possível aos seus meandros. Literatura não é um divã, tampouco um oráculo dos deuses. O que está lá veio de fora. E, odiando ou não o que alguém como Franz Kafka escreve, é isso o que se vê pela "janela da alma" cotidianamente. Humanos bons, humanos maus, as duas coisas num só corpo e mente. Ler um livro ao menos nos permite sondar as entranhas do humano sem graves consequências.

E é o que dizem, não se pode mudar o mundo sozinho. Mas o sozinho pode se metamorfosear. E, sim, A Metamorfose é um ótimo livro apesar de tudo. Eu só odeio o que Kafka, suponho, também odiaria.

Por José Minervino - autor do blog deusinvisivel.blogspot.com

12 de Março: Dia do Bibliotecário

O Dia do Bibliotecário é comemorado em 12 de março em homenagem à data do nascimento do bibliotecário, escritor e poeta Manuel Bastos Tigre. O Decreto 84.631, de 09/04/1980, foi assinado pelo então presidente da República João Figueiredo. nos primórdios da acumulação do conhecimento apenas uma ínfima parcela das pessoas tinham acesso ao que existia de cultura e aos poucos documentos que eram guardados a sete chaves. Os escritos pertenciam a um pequeno grupo de privilegiados, aos governantes e aos seus protegidos. Dessa forma, o tesouro do saber não estava ao alcance dos pobres, dos escravos, dos plebeus, dos analfabetos, dos camponeses e dos povos dominados. Sem dúvida alguma, ao longo da evolução da humanidade, tal situação mostra muito bem todas as etapas de transformação e toda a evolução sofrida pelo processo sociohistórico do saber, pelo seu controle, pelo domínio do poder político sobre sua divulgação.

Porém, muitos cidadãos não concordam com esses freios e lutam para que as estantes das bibliotecas, por exemplo, sejam cada vez mais abertas e possam ser vasculhadas pelo maior número de pessoas. Por isso, o bibliotecário não pode ser apenas o encarregado de guardar livros, um fiscal de entradas e de saídas, ou um zelador de acervo. Por sua vez, o profissional formado em Biblioteconomia pode ser definido, de uma maneira mais geral, como um mediador entre a sociedade e o conhecimento nos mais diferentes tipos de bases materiais. Nos dias de hoje, além do livro impresso, é fundamental que o bibliotecário tenha amplos conhecimentos dos recursos da informática. Em síntese, o bibliotecário é o único profissional que pode garantir a qualidade da informação, disponibilizar leitura, cultura, conhecimento e fontes de investigação.

O curso de Biblioteconomia é realizado em quatro anos e tem como um de seus objetivos ensinar o aluno a lidar com os sistemas de informação, com as bibliotecas e com os bancos de dados. Além de oferecer aos estudantes as matérias tradicionais como comunicação, história da cultura, história do Brasil, língua portuguesa, línguas estrangeiras e métodos de pesquisa, prepara os futuros bibliotecários em cadeiras como a informação aplicada à administração de bibliotecas e formação e desenvolvimento de coleções. as bibliotecas são núcleos importantes da sociedade, alicerçadas na informação e nas tecnologias mais avançadas, que possibilitam o acesso, a armazenagem, o processamento, a medição e a disseminação dos conteúdos que resultam em conhecimento. Sejam públicas, sejam privadas, elas auxiliam a sociedade em suas instituições, geram empregos, profissionalizam os quadros funcionais, incentivam a especialização e contribuem diretamente para a formação e atuação de inúmeros interessados. Infelizmente, com o avanço do capitalismo e a crescente desvalorização do saber e da absorção da informação sem qualidade, muitos desses profissionais/acadêmicos que deveriam antes de mais nada amar o conhecimento, esquecem o importância ideológica e histórica do curso e terminam buscando nada mais do que sobrevivência técnica/profissional. Contudo, isso é um problema que atinge a maioria das profissões clássicas da humanidade que tiveram que se "adaptar" para não serem extintas ou desmembradas em cursos técnicos.

Fonte: Senado Federal, com adaptações e complementos.

A equipe TM não poderia deixar de prestar essa homenagem, afinal não existe cultura sem conhecimento, mesmo as mais incipientes.


Walter A.

11 de mar de 2010

EMAIL:

Do aquecimento global aos nossos rios

enviado por Nivaldo Marinho
[Professor de Química UFAL/UFRN e Ambientalista do Instituto Lagoa Viva]

O consumismo e o desperdício atribuídos ao capitalismo e ao desenvolvimento tecnológico vêm se multiplicando e a cada dia se produz mais lixos urbanos, industriais e químicos. Inevitavelmente, isso tem provocado o aquecimento global, que é o aumento sem precedentes da temperatura da terra, a qual é provocada pelo excesso de emissão de CO2 (dióxido de carbono) a atmosfera, provocando o “efeito estufa”.

Reduzir a emissão de dióxido de carbono tornou-se num grande desafio e uma preocupação em nível mundial. Como conseqüência de tudo isso, enfrentamos as variações climáticas como secas, enchentes ( São Paulo é um grande exemplo), o avanço do mar, furações, proliferação de doenças como a febre, dengue, malária, entre outras. Podemos constatar que o clima de nossa cidade, União dos Palmares e da região serrana nunca esteve tão quente, o calor tem nos preocupado, muitos questionam: “O que está acontecendo com o tempo”, outros profetizam: “É o fim dos tempos” E você o que acha? Tudo isso se origina em função do aumento da temperatura média da terra. Nesse aspecto, a população pode contribuir de maneira decisiva num percentual de 25% de ações preventivas tais como plantar árvores, acondicionar bem o lixo doméstico colocando na rua no horário correto, evitar o consumismo desnecessário, evitar o desperdício de água e energia, proteger nossas matas nativas, assim como as árvores de nossa cidade.

Em União dos Palmares nós temos um exemplo claro de nossa colaboração com o aumento da temperatura e o seu conseqüente efeito estufa. Trata-se do desmatamento a luz do dia de nossa APA ( Área de Proteção Ambiental) na Serra dos frios. Lá se derrubam árvores centenárias, ateiam-se fogo na vegetação, matam as nascentes dos riachos. De qualquer ponto de nosso município, é possível enxergar o tamanho do estrago e do crime ambiental. A população assiste a tudo sem imaginar as conseqüências dessas ações. A mata dos frios nos pede socorro e o povo e o governo a cada dia se distancia cada vez mais. Outro exemplo entristecedor vem de nossos mananciais. Falo do riacho Canabrava que agoniza em função dos inúmeros despejos e de águas servidas das residências que lhe cercam, numa extensão de 5,0Km até desemborcar no rio Mundaú. São também resíduos sólidos recebidos diariamente numa carga inimaginável. Saber que aquele riacho já serviu como fonte e abastecimento a inúmeras unidades residenciais de nossa cidade. Sem contar que as incontáveis estrebarias edificadas no seu leito, ajudam a pouco a pouco matar o histórico riacho Canabrava. Hoje assistimos a triste realidade desse riacho, amanhã pode ser o rio Mundaú, pense nisso!

E nosso lixão! Continua a céu aberto, contaminando sem piedade o lençol freático com seu churume. Há uma necessidade urgente de um aterro sanitário. A prefeitura de União já cegou a ser notificada, já temos até mestre formado no assunto, é o caso do nosso companheiro Claudionor, mas nada sai do papel! Enquanto isso o lixo toma as ruas de nossa cidade, deixando seu rastro poluição. E a temperatura? Continua aumentando. Outro agravante é que se aproxima o inverno, percebe-se que as galerias pluviais das principais ruas da cidade funcionam com capacidade de 50%, pois os outros 50% ou mais é composta de resíduos sólidos comprometendo assim o seu perfeito funcionamento e com as fortes chuvas de inverno a probabilidade das águas invadirem as ruas e casas são grandes, já vivenciamos fatos semelhantes nas trovoadas de dezembro/ janeiro. Fica aí o alerta.

Mas, nem tudo está perdido! Nós temos em nossa cidade um grupo de 30 professores formados pelo Programa de Educação Ambiental – Lagoa Viva, que em parceria com a Braskem e Secretaria Municipal de Educação, sala verde e Secretaria do Meio Ambiente vem atuando vem atuando a quatro anos com a capacitação de professores facilitadores, que agem como guerreiros defensores do meio ambiente de União dos Palmares. Eles têm desempenhado um papel muito importante nessa discussão.

A população quanto faz a sua parte atua com 25% das ações e os 75% restantes são atribuídos aos governantes que somente cabem a eles resolver questões tais como estruturação da Secretaria do Meio Ambiente, investir pesado no saneamento básico no município, financiar projetos educacionais e preventivos para o meio ambiente, além de incentivar e promover campanhas de educação ambiental nas escolas estaduais, municipais e privadas. E o mais importante de tudo é tomar consciência que somos parte da natureza e não o dono dela.

Um abraço a todos.

10 de mar de 2010

Programa Mesa Z recebe Marcos Pedrosa

Nesse próximo sábado, dia 13 de março, o Mesa Z contará com a participação do Sr. Marcos Pedrosa, Diretor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto - SAAE - uma autarquia do município de União dos Palmares.

Sintonize seu rádio no 87,9 MHz - Rádio Zumbi FM. Participe através do e-mail radiozumbifm@hotmail.com ou pelo telefone (82) 3281-2314. Se preferir, envie e-mail para o Tempo Moderno que repassamos ao Mesa Z sua pergunta, sugestão ou crítica ou diretamente para o e-mail do grupo: mesaz@groups.live.com

José Pinto de Luna no Mesa Z

A entrevista com o delegado da Polícia Federal, o Sr. Pinto de Luna, foi proveitosa, assim como vêm sendo as entrevistas realizadas pela equipe do Mesa Z da Rádio Zumbi FM. O programa contou com a participação da presidente do Diretorio Municipal do Partido dos Trabalhadores, Genisete Lucena, e estiveram presente no estúdio Vera Costa, assessora do Sr. Pinto de Luna; Solange Eugênio, integrante do PT; Nestor Félix, presidente da Associação dos Sem-Teto de União dos Palmares.

O programa bateu recorde de tempo de duração, foram mais de 3 horas no ar. Durante esse tempo, Pinto de Luna falou abertamente sobre variados assuntos, passando pela sua pré candidatura ao Senado Federal, a Operação Taturana, sua experiência técnica na segurança pública, sempre com bom humor. Chamou atenção sua postura em relação à postura do Partido dos Trabalhadores com as alianças políticas em Alagoas, bem como sua opinião acerca dos atuais políticos do estado.

Pinto de Luna demonstrou ter a coragem necessária para um político, ou melhor, para um profissional que ainda não é político no sentido popular da palavra, de alguém que busca mexer com os pilares que teimam em deixar o estado de Alagoas no lixo. Isso é o que deu para aferir diante das falas do delegado. Pinto de Luna, ademais, é uma opção num quadro político recheado de figuras carimbadas, onde o povo poderá exercer com mais liberdade sua escolha.

Com informações dos blogs Acorda União e A Terra da Liberdade.

8 de mar de 2010

Filme: Irreversível

Irreversível (Irreversible)
França, Drama, 2002
Direção de Gaspar Noé


Para aqueles que dizem que a forma de contar uma história não interfere na qualidade do relato – e olhe que são muitos que o dizem – apresento-lhes Irreversível (2003), filme francês dirigido por Gaspar Noé e que é, simplesmente, um relato de um brutal assassinato, por vingança, ocorrido numa boate gay. O enredo é bastante simplório: depois de ver sua namorada espancada violentamente após ser estuprada - uma das cenas que nos vira o estômago-, Marcus (Vincent Cassel) é induzido a se vingar, tendo início uma busca pelo estuprador e sua morte.

A vingança é um dos temas mais recorrentes, principalmente em filmes americanos. Poucas são as obras que lhe dão um tratamento que vão além das cenas de ação, como a trilogia da vingança do sul-coreano Park Chan-Wook (Zona de Risco, Oldboy e Lady Vingança). Irreversível é todo ação, violência e ritmo frenético. Mas o que fez ele se diferenciar dos outros filmes? A sua forma. Narrado totalmente de trás para frente, somos informados da ocorrência de um assassinato e, quadro a quadro, vamos regredindo na história. Não se trata dos convencionais flashbacks narrativos que, geralmente, regridem no tempo e dão sequência em sua linearidade narrativa; mas a passagem do filme se dá totalmente de trás para frente, como se fosse possível modificar os acontecimentos caso voltássemos no tempo.

Irreversível é um daqueles filmes que nos dá a sensação de que só poderia ser contado dessa forma pois, caso, contrário, seria mais um filme de vingança com um visual forte. Visualmente impactante – além da cena de estupro temos, o que para alguns é, a cena mais brutal de assassinato do cinema, o esmagamento de uma cabeça com um extintor de incêndio – a obra dirigida por Noé em muitos momentos é desconfortante, tal o grau de tensão e de violência que as cenas possuem, auxiliado pela câmera levada à mão eu que acompanha a velocidade das ações. Durante quase uma hora de filme o ritmo e a tensão são frenéticos, causando incômodo, algo quase irreversível de se refazer, mesmo com as cenas mais descontraídas e de diálogos que seguem a primeira uma hora.

Mas não é sobre o incômodo que o filme nos causa que se dá a sua possível irreversibilidade. O filme é aberto e fechado com uma frase: “O tempo destrói todas as coisas”. A destruição mencionada refere-se principalmente às vidas das personagens e nossos sentimentos em relação a eles.

Após o brutal assassinato e as várias outras violências que Marcus comete até chegar ao possível estuprador, passamos a sentir repúdio ao personagem que, muitas vezes, age descontroladamente. Mas, quando vamos regredindo nos fatos e vamos conhecendo um pouco o outro lado da história, passamos a ter até certo afeto pelo personagem. Pois a ojeriza é toda dirigida ao estuprador, chegando ao ponto de nos sentirmos bem por tê-lo visto ser morto daquela forma. Eis o grande mérito do filme: mexer com os instintos mais animalescos de quem o assiste, fazendo com que um ato tão cruel de violência seja justificado e, pelo menos no meu caso, aceito. “Vingança é um direito humano”, diz um dos personagens.

Mas outra pergunta deve ser feita: a morte do estuprador mudou a essência do que o ato violento cometido contra a mulher deixaria nas vidas dos personagens? A resposta é não, e apenas no final saberemos o motivo. Dessa forma confirma-se a irreversibilidade que nomeia o filme, e a citação que abre e fecha a obra: “O tempo destrói todas as coisas”. Seja de trás pra frente, ou não.

Por Estêvam dos Anjos - jornalista e autor do blog sobrefilmeselivros.blogspot.com

4 de mar de 2010

Programa Mesa Z com Pinto de Luna

Como foi anunciado no último Mesa Z, nesse próximo sábado, dia 06 de março, a aquipe de entrevistadores estará recebendo o Delegado Federal, ex-superintendente da Polícia Federal em Alagoas e pré-candidato ao Senado Federal Pinto de Luna.

Sintonize em seu rádio o programa Mesa Z, sempre aos sábados a partir das 11 horas da manhã, na Rádio Zumbi FM 87,9Mhz, com a presença dos blogueiros Bruno Monteiro, Dallas Diego, Walter Jr e Wenndell Amaral do Tempo Moderno, Sérgio Rogério do blog Acorda União, Franco Maciel e Marcelo Pereira do blog A Terra da Liberdade, além do professor e comerciante Nivaldo Marinho.

Pinto de Luna destacou-se no cenário nacional após atuar em diversos casos de repercussão, como a "Operação Moréia", no ano de 2000, onde coordenou a investigação da busca do Juiz Nicolau dos Santos Neto. Em 2002 atuou no caso do seqüestro do publicitário Washington Olivetto, presidindo o inquérito paralelo ao trabalho da Delegacia Anti-Seqüestro de São Paulo (SP). Em Alagoas, como superintendente, atuou nas operações "Ressugere" - Prisão dos Deputados Cícero Ferro, Antonio Albuquerque e João Beltrão; "Voto Nulo" - Prisão de sete pessoas e entre os presos, um juiz eleitoral acusado de fornecer dados falsificados para a expedição de títulos e o prefeito reeleito da cidade; "Voto de Cabresto" - mandados de busca e apreensão na residência de dois vereaores eleitos por Maceió e de cabos eleitorais, onde os vereadores são acusados de compra de votos e aliciamento de eleitores nas eleições; "Coroa" - desmontou uma quadrilha que vinha atuando a mais de dez anos nos Estados de Alagoas e Pernambuco e que era responsável por tráfico de drogas e homicídios.

Além de todas essas operações, a que mais chamou atenção nacional e, sobretudo, da sociedade alagoana foi a denominada "Operação Taturana", em 2007. Nessa operação Luna descobriu uma quadrilha de fraudadores instalada na Assembléia Legislativa do estado de Alagoas acusada de desviar mais de R$ 300 milhões de reais por aproximadamente cinco anos.

Mesa Z com a Diretoria da AMES

No último programa, o integrantes do Mesa Z receberam parte da diretoria da Associação Municipal dos Estudantes Universitários e Técnicos de União dos Palmares - AMES, nas pessoas de seu presidente, Jailton Cavalcante, da vice-presidente, Suzeane, e os 1º e 2º tesoureiros, Wenndell Amaral e Dallas Diego. Também foi convidado para estar presente na discussão o atual presidente da União Municipal dos Estudantes Secundaristas - UMES, Sr. Clezivaldo Mizael, contudo o mesmo não aceitou o convite alegando motivos religiosos.

O programa girou em torno das dificuldades enfrentadas por essa nova associação que tenta representar e atuar nos interesses dos estudantes palmarinos, sobretudo daqueles que necessitam se deslocar até a capital Maceió nos ônibus alugados para efetuarem seus cursos.

Participe através do e-mail radiozumbifm@hotmail.com ou pelo telefone (82) 3281-2314. Se preferir, envie e-mail para o Tempo Moderno que repassamos ao Mesa Z sua pergunta, sugestão ou crítica.

EMAIL:

Segundo terapeutas, filmes podem ajudar a lidar com emoções

Enviado por Jailton Cavalcante

Às vezes nos deparamos com problemas que parecem insolúveis ou, no mínimo, difíceis de resolver. Especialistas de diversas áreas, como psicologia e comunicação empresarial, afirmam que, em muitos casos, os filmes funcionam não só como uma válvula de escape, mas também como uma ferramenta preciosa para ajudar a lidar com conflitos.

“O cinema é encantador, único, impactante e um grande facilitador de reflexões e emoções”, afirma a psicóloga Josiane Zhaga, de São Paulo, que sempre utiliza filmes para trabalhar as percepções, emoções e realidades diversificadas. “Procuro focar nas cenas e destacar quais são as semelhanças e elaborações que estas causam em cada pessoa. Uso cenas de filmes antigos ou os que passam no momento no cinema.”

Na terapia, em geral o profissional foca na reação que causa no inconsciente de cada um ou propõe histórias que sirvam de exemplos e modelos de comportamento. Os filmes podem ser vistos como se fossem o sonho de outra pessoa, pois trazem situações e momentos que atingem o inconsciente de quem assiste. Muitos profissionais que lidam com treinamento de equipes e capacitação profissional também costumam utilizar os filmes para facilitar que as pessoas tenham insights e reflexões importantes na busca de resoluções e atitudes na vida – é o caso dos consultores Renato Gringerb, Christian Barbosa e Renata di Nizo, todos de São Paulo, que, a exemplo de Josiane Zhaga, selecionaram alguns problemas e as respectivas “produções terapêuticas”. Confira!

TRABALHAR EM EQUIPE
“Avatar” (2009), de James Cameron. “Embora a trama não tenha um tom didático ou engajado, está clara a mensagem ecológica: respeito a natureza é o que interessa, e o maior inimigo do homem é ele mesmo. Para salvar a civilização, é necessária, contudo, a sincronização da diversidade. O segredo para derrotar a tecnologia de última geração é vencer todas as barreiras, confiando uns nos outros, como um verdadeiro time. O embrião da verdadeira solidariedade nasce no espírito de time, e essa é a grande mensagem de Avatar”, comenta Renata di Nizo, educadora e fundadora da Casa da Comunicação, de São Paulo.

SUPERAR PERDAS
“Simplesmente Martha” (2001), de Sandra Nettelbeck. Chef de raro talento, a introvertida Martha tem um cotidiano monótono e solitário. Sua rotina sofre mudanças radicais depois que a irmã morre em um acidente e ela se vê obrigada a cuidar da sobrinha de oito anos. “A perda a faz reencontrar um sentido na vida, além de uma nova reestruturação familiar e de projeto pessoal extremamente significativo”, comenta Josiane.

REFORÇAR A FÉ
“Ray” (2004), de Taylor Hackford. O longa-metragem conta a trajetória marcada por altos e baixos do pianista Ray Charles (1930-2004), cego desde a infância. Para a psicóloga Josiane Zhaga, a vida de Ray Charles - e sua fé na música e nele mesmo - é uma excelente fonte de inspiração para quem busca força e determinação para alcançar tudo o que deseja.

LIDAR COM A RAIVA
“Hurricane - O Furacão” (1999), de Norman Jewison. Inspirado em um caso real ocorrido na década de 1960, a história mostra como enfrentar esse sentimento negativo. No auge da carreira, lutador de boxe é preso injustamente acusado de assassinato. Na prisão, escreve um livro contando sua história. A obra é alvo de interesse de um ativista a favor dos direitos humanos, que o ajuda a recuperar a liberdade e a dignidade.

TER COMPAIXÃO
“Uma Lição de Amor” (2001), de Jessie Nelson. Sam Dawson (Sean Penn) é um homem com deficiência mental que cria sua filha Lucy (Dakota Fanning) com o apoio dos amigos. Quando a menina completa 7 anos e começa a ultrapassá-lo intelectualmente, a situação chama a atenção de uma assistente social que quer Lucy internada em um orfanato. A advogada Rita Harrison (Michelle Pfeiffer) é quem se encarrega de defendê-lo. “A história mostra a importância de educar e cuidar com afeto do desenvolvimento de uma criança, além de abordar as dificuldades que todos encontram quando assumem responsabilidades na vida”, comenta a psicóloga Josiane Zhaga.

PERCEBER QUE NÃO ESTÁ SÓ NO MUNDO
“Antes de partir” (2007), de Rob Reiner. Calcado nas ótimas interpretações de Jack Nicholson e Morgan Freeman, trata da relação de dois homens no final da vida, da amizade e da felicidade de encontrar um vínculo que propicia serenidade.


CRISE NO CASAMENTO
“Diário de uma Paixão” (2004), de Nick Cassavetes. Numa clínica geriátrica, Duke, um dos internos com boa saúde, lê para uma senhora com um quadro mais grave um diário que conta a história de Allie Hamilton (Rachel McAdams) e Noah Calhoun (Ryan Gosling), dois jovens enamorados que, em 1940, se conheceram num parque de diversões. A trajetória marcada por separações e problemas mostra como um vínculo amoroso se consolida e, apesar das crises sucessivas no casamento, se fortalece e se torna inquebrável.

VISÃO E PLANEJAMENTO
“Um Sonho de Liberdade” (1994), de Frank Daramont. O personagem de Tim Robbins tinha à sua frente um objetivo que parecia impossível: fugir de uma prisão de segurança máxima, na qual estava confinado injustamente, mas com uma visão clara de onde queria chegar e qual seria sua recompensa (a liberdade). “Demorou 20 anos, mas ele conseguiu conquistá-lo”, diz Renato Gringerb, que aponta este filme como uma trama sem igual na proposta de provar como são importantes a visão e o planejamento para alcançar metas pessoais ou profissionais.

PERSEVERANÇA
“Rocky Balboa” (2006), de Sylvester Stallone. “Esse filme mostra que, mesmo enfrentando todas as dificuldades que apareciam à sua frente, o lutador Rocky nunca desanimava. Pelo contrário, vencia todos os obstáculos com determinação e muita dedicação”, comenta Renato Gringerb, especialista em mercado de trabalho, de São Paulo.

FRUSTRAÇÃO
“Sucesso a Qualquer Preço” (1992), de James Foley. Bastante recomendado por Renato Gringerb para estimular equipes, o filme relata o dia a dia de profissionais de venda e mostra como não é difícil lidar com as frustrações de ser rejeitado por tantos clientes. “Um dos pontos altos é o discurso do personagem de Alec Baldwin para a equipe de vendas, mostrando que, se queriam vencer, deveriam lidar com as frustrações como adultos e realmente se empenharem para transpor as barreiras que apareciam”, destaca o especialista.

DAR VALOR À VIDA
“Click” (2006), de Frank Coraci. “Este filme nos faz refletir sobre como utilizamos o nosso tempo. É fantástico para aquelas pessoas que colocam o trabalho em primeiro plano e se esquecem das maravilhas que existem em outras áreas da vida”, afirma Christian Barbosa, especialista em gestão do tempo, de São Paulo. Interpretado por Adam Sandler, o workaholic Michael Newman encontra um controle remoto que pode adiantar, pausar ou voltar cenas da sua trajetória. Acaba perdendo, literalmente, o controle de sua vida, e envelhece deixando de viver momentos inesquecíveis com a família. “Com este filme podemos entender o quanto é importante administrar bem o tempo e viver todas as áreas da vida por igual”, pondera Christian.

FAZER AS PAZES COM O PASSADO
“Duas Vidas” (2000), de Jon Turtelbaud. Russ (Bruce Willis) é alguém contaminado pelo “deixa a vida me levar”. Ele se esquece dos sonhos passados até se encontrar com ele mesmo, quando tinha 8 anos de idade. A criança não fica feliz em saber que não realizou seu sonho de ser piloto de avião, então juntos eles relembram os sonhos de infância, para que ele se torne o adulto que sempre sonhou. “Este filme é ideal para não nos esquecermos de administrar o nosso tempo e assim realizar os sonhos pessoais, pois o tempo pode passar sem que nos demos conta de que não vivemos aquilo que realmente queríamos”, explica Christian.

FORTALECER A AUTOESTIMA
“Julie & Julia” (2009). Trata-se de uma mistura de filme biográfico e comédia dramática, baseado na vida (e em um livro) de uma mítica cozinheira e na obra de uma jovem norte-americana. As histórias se entrecruzam e o que é nítido no decorrer do filme é o fortalecimento da autoestima de ambas as personagens. Por um lado, o despontar da pioneira chef de cozinha; por outro, o cotidiano medíocre de uma funcionária que trabalha em um cubículo. Quando ela se propõe a testar as receitas e a contar suas experiências em um blog, a página da web se converte em um êxito e o blog se transforma em um livro. “O conceito que cada uma tinha de si se transforma à medida que elas se recriam e encontram um significado, uma razão de ser”, ressalta Renata di Nizo.

3 de mar de 2010

IV curso de extensão universitária “Cinema e Psiquiatria”

O IV curso de extensão universitária “Cinema e Psiquiatria” será ministrado na última semana do mês de março ao mês de outubro do ano letivo 2010 no auditório do Hospital Escola Portugal Ramalho, em Maceió/Alagoas.

O curso destina-se aos apreciadores do cinema, em suas diversas formas de expressão, e aos que desejam estudar a abordagem psíquica dos personagens e também as relações entre os transtornos da personalidade e sexualidade com as psicopatias e perversões; as diversas expressões psíquicas dos quadros clínicos classificados na atualidade como “amor patológico” e às reações ao adoecer. Todo o conteúdo será ministrado sob a perspectiva da sétima arte.

A coordenação do curso é do Prof. Dr. Flávio Soares (Disciplina de Psiquiatria da UNCISAL e Psicologia Médica / Psiquiatria da UFAL). O público alvo são os estudantes e profissionais que apreciem a discussão de filmes em suas perspectivas culturais; sociais; psicodinâmicas e psicopatológicas. O período de inscrições vai de 01/03/10 a 20/03/10. A solicitação de vaga deve ser feita pelo e-mail do coordenador do curso: fsoaresa@gmail.com . O candidato terá que informar, via e-mail, seu nome completo e se é estudante (exclusivamente de graduação – curso, período e instituição a qual pertence) ou profissional (área de atuação). São oferecidas 25 vagas para profissionais e 25 vagas para estudantes de graduação. O valor da matrícula é de R$ 50,00 (cinqüenta reais) para estudantes e de R$ 100,00 (cem reais) para profissionais.

Para mais informações, clique aqui.

Informações repassadas via e-mail por nossa leitora Andreza Mendonça.

1 de mar de 2010

Iceberg gigante se rompe da Antártica e ameaça mudar correntes marítimas


Um enorme iceberg, com aproximadamente metade do tamanho de Brasília, deslocou-se do continente Antártico após colidir com outro iceberg gigante, podendo causar alterações nas correntes marítimas do planeta e no clima. O alerta foi feito por cientistas australianos, que afirmam que ele poderá bloquear uma área que produz um quarto de toda a água densa e gelada do mar. Se isso acontecer, os invernos ficarão mais frios no Atlântico Norte e os padrões de clima serão alterados ao longo dos anos.

Segundo os especialistas, os efeitos serão corrente abaixo e os pinguins e outros animais selvagens que normalmente usam esta área para alimentar-se também sofrerão o impacto. O iceberg está flutuando em uma área de água aberta cercada de gelo do mar e conhecida como polinia. A água gelada e densa produzida pela polinia desce para o fundo do mar e cria a água densa salgada que tem papel-chave na circulação dos oceanos ao redor do globo. Benoit Legresy, um glaciologista francês, afirmou que o iceberg descolou-se da Geleira Mertz, uma língua de gelo saliente de 160 km na Antártica Leste, ao sul de Melbourne.

Fonte: G1


El Niño, Aquecimento Global, Fim dos Tempos, Apocalipse, Juízo Final... São tantos nomes pra uma única coisa...

Secretário nacional de Segurança revela que Brasil terá grupo nacional de policiais contra o crack

O secretário nacional de Segurança Pública, Ricardo Balestreri, revelou nesta sexta-feira que daqui a um mês será formado um grupo nacional de policiais especializado na repressão ao crack.
Este grupo especial para combater o tráfico do subproduto da cocaína reunirá policiais civis e militares e até guardas municipais, de todo o país. "Do jeito que estamos trabalhando não estamos conseguindo combater eficientemente". - O crack é uma droga avassaladora. Está matando. E temos dúvidas sobre a possibilidade de recuperação, de tratamento - disse ele, em palestra durante a reunião da Comissão Brasileira sobre Drogas e Democracia, realizada na sede da ONG Viva Rio.

O secretário explicou que, ao contrário do que acontece com o uso de outras drogas, o crack é vendido nas ruas. Por isso a importância do trabalho dos guardas municipais. - Hoje não sabemos fazer isso. Do jeito que estamos trabalhando não estamos conseguindo combater eficientemente - disse ele, para quem, por mais que "a polícia tenha boa intenção, não tem know how" para combater o tráfico do crack. O secretário defendeu ainda um tratamento diferenciado para o pequeno traficante, que, segundo ele, nas prisões, acaba sendo recrutado pelo crime organizado. - O sujeito que é apreendido com pequena quantidade é considerado necessariamente um traficante. Esta prática não é inteligente porque no presídio esse preso vai se corromper completamente e vai engrossar as fileiras do crime.

Fernando Henrique critica relatório da ONU sobre drogas

Também presente ao evento, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que vem liderando uma discussão nacional sobre a descriminalização do consumo de drogas, refutou um relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) que condena "lideranças latino-americanas" que buscam aquele fim. Segundo ele trata-se de uma posição retrógrada e reacionária. ( Debate sobre no tema no blog Sobredrogas ) - Esse é, a meu ver, um pensamento reacionário muito incrustado em certos setores da ONU. Eles acham que não se pode fazer nada. Só que, com isso, estão perdendo a guerra. O caminho não é por aí - disse Fernando Henrique, em entrevista depois da palestra no Viva Rio.

Ele insistiu que os brasileiros estão buscando maneiras mais eficazes de lidar com as drogas, depois do fracasso visto em outras nações: - A ONU, na verdade, está numa posição de guerra às drogas, que foi o que gerou tudo o que está acontecendo por aí, como vemos na Colômbia e no México, por exemplo. É guerra, e nós estamos propondo paz. Quem quer guerra não propõe paz. Vamos pacificar e não guerrear. Vamos tirar o pessoal da droga - afirmou.

Fonte: G1